Jamie Lynn Spears, irmã de Britney Spears, diz que os pais a pressionaram a abortar na adolescência

Jamie Lynn Spears, irmã de Britney Spears, expõe abusos sofridos pela família durante sua adolescência em confissão chocante

CARAS Digital Publicado sábado 23 outubro, 2021

Jamie Lynn Spears, irmã de Britney Spears, expõe abusos sofridos pela família durante sua adolescência em confissão chocante
Irmã de Britney Spears expõe abusos sofridos pela família - Foto/The New York Times

Depois de toda a polêmica envolvendo o fim da tutela abusiva da cantora Britney Spears (39), foi a vez da irmã da cantora, Jamie Lynn Spears (30), falar sobre sua relação tensa com os familiares.

De acordo com o TMZ, a ex-estrela mirim revelou no livro que está lançando, Things I Should Have Said, que quando engravidou na adolescência teve pressão dos pais para que ela interrompesse a gestação.

Jamie Lynn engravidou de sua primeira filha em 2007, quando era protagonista na série Zoey 101, sucesso da Nickelodeon.

Irmã de Britney Spears expõe abusos sofridos pela família na adolêscencia:

No trecho, obtido pelo portal de notícia, Jaime Spears (69) e Lynne Spears (66), tentaram convencê-la a não ter o bebê ou a dá-lo para adoção. "(…) Vieram ao meu quarto tentando me convencer de que ter um bebê neste momento da minha vida era uma ideia terrível... ‘Isso vai matar sua carreira. Você é muito jovem. Você não sabe o que está fazendo.", detalhou.

"Existem pílulas que você pode tomar. Podemos ajudá-la a cuidar desse problema... Eu conheço um médico’. Todos ao meu redor só queriam fazer com que esse problema desaparecesse. Todos estavam certos de que o aborto seria o melhor caminho”, diz ela no livro.

A irmã da cantora afirmou que no momento em que decidiu ter o bebê, teve seu telefone confiscado e foi impedida de falar com pessoas de fora de seu círculo íntimo, incluindo sua irmã, Britney Spears, que não ficou sabendo sobre o seu primeiro filho. "Eu precisava dela mais do que nunca e ela não foi capaz de me ajudar no meu momento mais vulnerável", diz.

Ainda de acordo com a publicação, Jamie Lynn ainda teria enfrentado uma grande discussão com o pai, com direito a acusações e xingamentos, após ter decidido ficar com o bebê. Depois disso, ela ficou reclusa com sua mãe após vender os direitos das primeiras imagens da filha à revista US Weekly.

As revelações de Jamie Lynn veem a público dias depois de sua irmã afirmar, nas redes sociais, que teria muito a revelar sobre sua família. Britney Spears os acusa - incluindo a irmã - há algum tempo de serem coniventes com a tutela que a manteve sob o controle abusivo do pai por mais de 13 anos.

BRITNEY SPEARS ESTÁ LIVRE DA TUTELA ABUSIVA DO PAI:

Desde 2008, quando Jamie assumiu o controle da vida da diva pop após sua internação numa clínica psiquiátrica, todos os milhões arrecadados em álbuns e turnês foram tirados dela, que recebia apenas 2 mil dólares semanalmente.

Durante o depoimento em busca da sua liberdade, a estrela afirmou ter perdido o controle de sua carreira, como de seu próprio corpo e dos filhos. Além de não ter poder de decisão na carreira musical, a cantora era obrigada a se medicar contra sua vontade.

Sua turnê mais recente, a Piece Of Me Tour, realizada em 2018, foi empurrada para a artista forçadamente. De acordo com seu relato, a equipe e o pai exigiram que ela assinasse um contrato e, por conta da tutela, ela não teve escolha. 

Último acesso: 04 Dec 2021 - 10:09:56 (402836).

Leia também

TV CARAS