Em audiência para defender sua liberdade, Britney Spears revela abusos sobre a tutela de seu pai

Britney Spears fala pela primeira vez sobre turnê obrigatória, uso de DIU sem sua aprovação e remédios receitados por decisão do pai

CARAS Digital Publicado quinta 24 junho, 2021

Britney Spears fala pela primeira vez sobre turnê obrigatória, uso de DIU sem sua aprovação e remédios receitados por decisão do pai
Em audiência, Britney Spears revela abusos que sofreu do pai - Getty Images

Na última quarta-feira, 23, Britney Spears (39) pôde finalmente revelar detalhes sobre a tutela abusiva de seu pai, Jamie Spears (68).

Ao depôr na justiça numa tentativa de lutar pela sua liberdade, a cantora não só comentou ter perdido o controle de sua carreira como também de seu próprio corpo.

Desde 2008, quando Jamie assumiu a tutela da diva pop após sua internação numa clínica psiquiátrica, todos os milhões arrecadados em álbuns e turnês foram tirados dela, que recebia apenas 2 mil dólares semanalmente.

Mesmo com todos os vídeos em que a loira apareceu afirmando estar bem (de conteúdo roteirizado, feitos por ordem de sua equipe), os fãs não a deixaram a ídola de lado e criaram o movimento Free Britney.

Confira trechos do depoimento da artista, acessados pela revista Variety:

Uma Britney Spears sem domínio da própria carreira

Sua turnê mais recente, a Piece Of Me Tour, realizada em 2018, foi empurrada para a artista forçadamente. De acordo com seu relato, a equipe de produção exigiu que ela assinasse um contrato e, por conta da tutela, ela não teve escolha. “Minha equipe disse que se eu não fizesse essa turnê, teria que encontrar um advogado e, por contrato, minha equipe poderia me processar se eu não continuasse com a turnê”, confessou ela.

Houve um período de uma semana em que eles foram legais comigo, e eu disse a eles que não queria fazer o novo show em Vegas [..]. Foi como tirar literalmente 90 quilos de cima de mim quando eles disseram que eu não precisava mais fazer o show [...]. Eu não aguentava mais”, completou.

A tutela de Britney Spears controla seu corpo

Além de não ter poder de decisão na carreira musical, a cantora era obrigada a se medicar contra sua vontade. “Três dias depois de eu dizer não a Vegas, meu terapeuta me colocou em uma sala e disse que recebeu um milhão de telefonemas sobre como eu não estava cooperando nos ensaios e não estava tomando meus medicamentos. Tudo era falso”, contou. “Ele imediatamente, no dia seguinte, me deu lítio do nada. Ele me tirou meus remédios normais que estava usando há cinco anos. E o lítio é um medicamento muito, muito forte e completamente diferente do que eu estava acostumada”, acrescentou.

Como se já não bastasse viver dopada, a loira, que namora Sam Asghari (27), não pode se casar e nem engravidar. “Eu gostaria de seguir em frente progressivamente e quero ter o verdadeiro negócio, quero poder me casar e ter um filho. Disseram-me agora na tutela: não posso me casar ou ter um filho. Tenho um DIU dentro de mim agora, então não posso engravidar. Eu queria tirar o DIU para começar a tentar ter outro bebê, mas esta suposta equipe não me deixa ir ao médico para tirá-lo, porque eles não querem que eu tenha mais filhos”, explicou.

Enquanto desabafava, Britney, que é mãe de Sean (15) e Jayden (14), compartilhou que diariamente tem crises de choro em sua casa, na Califórnia, sobre a qual também não tem posse. Ela também afirmou que a família, mesmo sabendo de todo a situação, não se manifestou contra, muito menos seu pai, que, segundo a própria, “adorou cada minuto” de seu pranto.

Artistas se manifestam nas redes sociais em prol de Britney Spears

Justin Timberlake (40), ex-namorado da diva pop, não se segurou num desabafo emocionante. “Depois do que vimos hoje, deveríamos todos estar apoiando Britney a essa hora. Independente de nosso passado, bom ou mal, e não importa quanto tempo faz… O que está acontecendo com ela apenas não é certo. Nenhuma mulher deveria ser impedida de tomar decisões sobre seu próprio corpo”, escreveu ele.

Uma das maiores lendas da indústria pop, Mariah Carey (52), não deixou o caso passar em branco. “Nós te amamos, Britney! Fique firme”, disse. 

Halsey (26) também não deixou a colega passar por tudo isso sozinha. “Eu espero com todo meu coração que ela conquiste liberdade deste sistema abusivo. Ela merece isso mais do que qualquer coisa. Eu admiro a coragem dela por falar por ela mesma hoje”, confessou.

A influencer Khloé Kardashian (36) também se solidarizou com a situação da artista. “Ninguém deveria ser tratado assim. Fique firme, Rainha! Você merece mais”, declarou.

Último acesso: 28 Oct 2021 - 04:01:34 (392750).

Leia também

TV CARAS