Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Música / Amizade

Belo fala pela primeira vez sobre fim da dívida com Denilson: 'Fãs um do outro'

Após pagar dívida com Denilson, Belo fala sobre o assunto ao ver o ex-jogador dançando ao som de sua música na TV

por Priscilla Comoti

pcomoti_colab@caras.com.br

Publicado em 14/08/2023, às 14h22

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Belo e Denilson - Foto: Reprodução / Instagram
Belo e Denilson - Foto: Reprodução / Instagram

O cantor Belo falou pela primeira vez sobre o pagamento da dívida que tinha com o ex-jogador de futebol e comentarista esportivo Denilson. O fim da disputa entre eles foi anunciado na semana passada por Denilson, que apareceu dançando na TV ao som de uma música de Belo nesta segunda-feira, 14. Ao ver o momento viralizar na internet, o pagodeiro falou pela primeira vez sobre o assunto.

Ele demonstrou que os dois fizeram as pazes após o fim da batalha pela dívida milionária. “É que nós somos fãs um do outro! Prepara o churrsco que é por minha conta, a cantoria vai ser comigo também! Vale penta, Denilson! Seguimos assim, libertos e felizes”, disse ele na legenda de um post no Instagram.

Vale lembrar que Belo tinha uma dívida milionária com Denilson por causa do fim do seu contrato com o grupo Soweto no passado. Os dois disputaram na justiça por vários anos sobre o pagamento da quantia e só agora entrararam em um acordo para a quitação. 

Como foi o anúncio sobre o fim da dívida de Belo e Denilson?

O ex-jogador de futebol Denilson e o cantor Belo entraram em um acordo e finalizaram a disputa na justiça por causa de uma dívida do passado. Nesta sexta-feira, 11, os dois fizeram um post juntos nas redes sociais para anunciar que Belo quitou sua dívida em um acordo e eles finalizaram a batalha de mais de 20 anos.

No post, eles informaram que agora estão com foco no futuro. "O cantor Belo e eu conversamos e, de forma amigável, chegamos a um acordo. É de suma importância ressaltar a todos que nossas divergências nunca foram pessoais, ao contrário, elas eram - e portanto não são mais - no campo jurídico", informaram. 

E completaram: "Como homens, adultos e profissionais que somos, era importante colocar fim a esse imbróglio que nos afastava há mais de 20 anos. Hoje, com alegria, damos por encerrado esse assunto. Muito obrigado a todos os envolvidos. Agora é olhar pra frente… Acabou!".