Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
TV / Desabafo

Ana Hickmann fala sobre a ida à delegacia: 'Dá vergonha? Muita'

Ana Hickmann revela de quem recebeu apoio para fazer denúncia contra o ex-marido por violência doméstica e relembra como foi procurar a polícia

por Priscilla Comoti

pcomoti_colab@caras.com.br

Publicado em 26/11/2023, às 23h27

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Ana Hickmann no programa Domingo Espetacular - Foto: Reprodução / Record TV
Ana Hickmann no programa Domingo Espetacular - Foto: Reprodução / Record TV

A apresentadora Ana Hickmann falou sobre a sua coragem em denunciar o ex-marido, Alexandre Correa, por violência doméstica após ter sido agredida em uma discussão do ex-casal. Em entrevista no programa Domingo Espetacular, da Record TV, ela contou como foi ir à delegacia e de quem recebeu apoio para manter a queixa contra o ex. 

"Dá vergonha? Muita. Ser escoltada por policiais até o hospital, e o médico perguntar o que aconteceu. Eu não falei que caí da escada. Isso foi ferimento causado por trauma de porta que foi fechada no meu braço. Ainda bem que não quebrei o braço", afirmou ela. 

Então, ela completou: "Duas pessoas foram importantes para me incentivar. Um dos meus advogados que eu liguei e contei o que estava acontecendo. Ele disse: 'Você sabe que quando entrar lá, você vai fazer até o fim'. E a delegada, que ainda insistiu para eu pegar a medida protetiva, você tem certeza? Eu não peguei a medida protetiva aquele dia. Eu fui uma tola de não ter feito isso. Eu senti muita vergonha. Eu não sabia como ia voltar para casa para encontrar meu menino". 

A apresentadora contou sobre a sua coragem de pedir ajuda. "Família para mim sempre foi a coisa mais importante dessa vida. Quando eu percebi que as coisas estavam erradas, eu não hesitei em pedir ajuda. Hoje eu entendo o que muitas mulheres passaram e vão passar. Entendi porque muitas vão na delegacia e prestam queixa, mas depois voltam atrás. Não é só por medo do agressor, é porque as pessoas te pedem para fazer isso. O que vão falar da Ana Hickmann? A gente não precisa ser mulher de malandro", afirmou. 

Por fim, Hickmann contou que espera recomeçar a sua história após a separação. "Eu vou continuar cada vez mais verdadeira. Por ironia do destino, uma coisa que eu sempre apoiei, a causa da mulher, eu também fui vítima. Eu queria que esse pesadelo acabasse logo, mas eu sei que não vai. Eu ainda vou contar outro final para essa história", afirmou. 

Ana Hickmann já pediu o divórcio

A apresentadora Ana Hickmann confirmou que está separada de Alexandre Correa após denunciá-lo por violência doméstica. No programa Domingo Espetacular, da Record TV, ela contou que já entrou com o pedido de divórcio pela Lei Maria da Penha, que protege as mulheres vítimas de agressão. 

"A lei está aí para nos proteger, eu dou notícia sobre isso todo dia. A lei está cada mais forte. Ela me protegeu muito", disse ela, que ainda disse o divórcio será mais rápido pela Lei Maria da Penha. 

"É muito mais rápido. O pedido de separação de corpos, o divórcio, muito mais rápido. Porque fica muito claro que aquele relacionamento não pode existir. E a gente tem que saber isso, isso vale para todas. O ministério público não esta ali para mim, serve para todas as mulheres. Para todas que passaram por isso. A gente só precisa saber usar e ter a coragem. Eu não sou mulher de malandro. Eu estou aqui machucada e fui machucada por muito tempo"