Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Realeza / Saúde

Rei Charles III 'contou pessoalmente' sobre o câncer a Harry e William

De acordo com o jornal The Sun, o rei Charles III informou os filhos Harry e William antes de tornar público seu diagnóstico

Rei Charles III - Foto: Getty Images
Rei Charles III - Foto: Getty Images

Nesta segunda-feira, 5, o Palácio de Buckingham informou que o rei Charles III, de 75 anos, iniciou o tratamento contra o câncer. Segundo o The Sun, o monarca contou pessoalmente aos filhos Harry e William sobre seu diagnóstico, ambos são frutos de seu casamento com Diana.

De acordo com a publicação, Charles "contou pessoalmente ao príncipe William e Harry a notícia após seu choque com o diagnóstico de câncer". Considerando que Harry mora nos Estados Unidos desde 2020, é provável que a comunicação tenha sido feita à distância, mas sem o intermédio de assessores da realeza.

Rei Charles III
Rei Charles III e seus filhos, príncipe Harry e príncipe William. Foto: Getty Images

Ainda segundo o The Sun, após receber a notícia, Harry decidiu que irá ao Reino Unido nos próximos dias para visitar o pai.

Vale lembrar que a relação de Harry com a família real está estremecida há algum tempo. Ele e sua esposa, Meghan Markle, chegaram a deixar o Reino Unido e expuseram - em livro, entrevistas e séries - diversas situações desconfortáveis que viveram durante o tempo em que estiveram lá.

Na última semana, Charles deixou o hospital após uma cirurgia para tratar o aumento da próstata. Na ocasião, o palácio deixou claro que era um procedimento corretivo para algo benigno. Segundo o Daily Mail, Charles "não tem câncer de próstata e o Palácio disse que não revelará o tipo de câncer que o monarca tem".

Ainda no mês passado, Kate Middleton, esposa de William, ficou duas semanas internada após passar por uma misteriosa cirurgia abdominal. Desde então, o diagnóstico foi mantido em sigilo, mas o palácio também garantiu que não se tratava de nada relativo a um tumor maligno. "Ela espera que o público compreenda o seu desejo de manter o máximo possível de normalidade para os seus filhos; e o seu desejo de que as suas informações médicas pessoais permaneçam privadas", disse um comunicado oficial.

Confira a declaração do Palácio de Buckingham:

"Durante o recente procedimento hospitalar do Rei para aumento benigno da próstata, foi observada uma questão separada de preocupação. Testes de diagnóstico subsequentes identificaram uma forma de câncer. Sua Majestade iniciou hoje um cronograma de tratamentos regulares, durante o qual foi aconselhado pelos médicos a adiar as tarefas de atendimento ao público. Ao longo deste período, Sua Majestade continuará a tratar dos negócios do Estado e da documentação oficial como habitualmente", informaram.

Então, o palácio ainda falou sobre um agradecimento do rei. "O Rei agradece à sua equipa médica pela rápida intervenção, que foi possível graças ao seu recente procedimento hospitalar. Ele permanece totalmente positivo em relação ao seu tratamento e espera retornar ao serviço público o mais rápido possível. Sua Majestade optou por partilhar o seu diagnóstico para evitar especulações e na esperança de que possa ajudar a compreensão pública de todas as pessoas afetadas pelo câncer em todo o mundo", finalizaram.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!