Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Pet / COM TRISTEZA

Patrícia Poeta lamenta morte de Estopinha: "Companheira em todos os momentos"

Em entrevista à CARAS Brasil, Patrícia Poeta falou sobre experiências que teve ao lado de Estopinha, a primeira pet influencer do Brasil

Patrícia Poeta relembrou primeiro momento que encontrou com Estopinha, na TV Globo - Foto: Reprodução / Instagram
Patrícia Poeta relembrou primeiro momento que encontrou com Estopinha, na TV Globo - Foto: Reprodução / Instagram

A apresentadora Patrícia Poeta (46) garantiu que vai guardar lindas memórias de Estopinha, primeira pet influencer do Brasil. Em entrevista à CARAS Brasil, a jornalista falou um pouco sobre sua relação com a primeira pet influencer do Brasil, que faleceu nesta quarta-feira, 20. 

"As primeiras memórias que tenho da Estopinha, foi quando a conheci, durante o 'É de Casa', sempre muito fofa e animada. Brincamos muito com ela naquele dia. Isso foi há uns 8 anos", disse Patrícia, que completou: "E agora, a última memória que tenho dela foi durante a reunião de pauta, no dia 7 de setembro, ela estava sentada na cadeira e prestando atenção"

A comandante do programa Encontro ainda comentou um pouco sobre como Estopinha era uma cadelinha querida por todos, principalmente por seu tutor, o médico veterinário Alexandre Rossi.

"Eu até falei com o Rossi sobre isso, como ela era comportada e companheira dele em todos os momentos", disse ela, finalizando seu depoimento sobre a cachorrinha, que teve a morte anunciada por seu tutor. 

Em seu perfil do Instagram, Alexandre emocionou os seguidores ao revelar que a cachorrinha havia partido. Ele adotou Estopinha em 2009, depois dela passar por duas famílias que a consideraram agitada demais.  

Leia também: Cachorra Estopinha morre e Alexandre Rossi lamenta: ''Parte de mim destruída''

"Estopinha se foi... dormimos juntinhos e ela estava sem dor. Isso era o mais importante pra mim. Recebeu cuidados durante a noite e pode descansar na minha cama com todo o carinho que podia dar. Mesmo assim estou muito mal", declarou.

"Uma parte de mim foi destruída. 14 anos de convívio intenso e muito amor, aventura e travessuras. Valeu cada segundo com ela. Obrigado pelo carinho de vocês todos. Significa muito pra gente", declarou ele sobre a companheira, que nos últimos dias estava sendo tratada em casa.