Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Festas / Família

Maria Paula faz rara aparição com os filhos e o marido em seu aniversário

Maria Paula comemora seu aniversário de 53 anos com festança e aparece ao lado do marido e dos dois filhos em fotos inéditas

por Priscilla Comoti

pcomoti_colab@caras.com.br

Publicado em 25/11/2023, às 16h23

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Maria Paula mostra fotos com a família - Foto: Reprodução / Instagram
Maria Paula mostra fotos com a família - Foto: Reprodução / Instagram

A atriz Maria Paula surpreendeu seus seguidores nas redes sociais ao fazer uma rara aparição ao lado do marido e dos dois filhos em fotos inéditas. A estrela reuniu a família e os amigos na última sexta-feira, 24, para comemorar o seu aniversário de 53 anos de vida.

Assim, ela exibiu fotos com a família nos stories do Instagram. A artista é casada com o mestre de kung fu Leo Imamura, de 60 anos. Além disso, ela é mãe de Maria Luisa, de 19 anos, e Felipe, de 16 anos, que são frutos do antigo casamento com João Suplicy.

Maria Paula e Leo foram vistos juntos pela primeira vez no carnaval de 2020 enquanto curtiam a folia de 2020. Desde então, eles estão juntos e fazem raras aparições em público lado a lado.

Leo Imamura é professor de kung fu e é reconhecido como Grão Mestre pela International Moy Yat Ving Tsun Federation. Por sua vez, Maria Paula está longe da TV desde que esteve em A Liga, da Band, que foi exibido entre 2015 e 2016.

Maria Paula mostra fotos com a família

Maria Paula mostra fotos com a família

Maria Paula fala sobre o Casseta & Planeta

Recentemente, a atriz Maria Paularelembrou os bastidores do programa 'Casseta e Planeta' (1992- 2010) da TV Globo e contou sobre a sua chegada na atração. “Foi com muito jeitinho. E eu não fazia os personagens, eu não fazia nada! E eles eram muito machistas. E eu falava: ‘galera, isso aqui não vai dar bom assim, não”, contou à jornalista Marcia Zazur, do Sesc DF.

Ela contou com a sorte e sucesso para começar a tomar certo espaço no humorístico. “Com o tempo, com calma, eles foram me dando um papel aqui, outro ali. A minha sorte é que os papéis foram grandes sucessos (…). Eles viram que precisavam me dar mais espaço. E foi assim que consegui, foi crescendo minha participação e chegou a hora em que fui considerada a oitava caceta”, contou.