Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Entre as partidas do Aberto da Austrália, Sharapova e Djokovic recuperam energias

‘Depois do jogo, alongamento para alcançar ainda melhores condições. Exatamente o que eu preciso’, declarou Maria Sharapova ao postar foto em seu Facebook

Redação Publicado em 23/01/2013, às 11h26 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Entre as partidas do Aberto da Austrália, Sharapova e Djokovic tentam recuperar energias - Reprodução/Facebook
Entre as partidas do Aberto da Austrália, Sharapova e Djokovic tentam recuperar energias - Reprodução/Facebook

Entre uma vitória e outra, os tenistas que disputam o Aberto da Australia tentam recuperar suas energias, como fazem a russa Maria Saharapova (25) e o sérvio Novak Djokovic (25). Em suas páginas oficiais no Facebook, ambos os atletas mostram como costumam descansar conforme vão se classificando para a próxima fase do primeiro Grand Slam do ano.

Após uma de suas vitórias nas quadras da cidade de Melbourne, a belíssima loira postou uma foto em que aparece recebendo tratamento especial de um de seus treinadores em um colchão, escrevendo. “Depois do jogo, alongamento para alcançar ainda melhores condições. Exatamente o que eu preciso!”.

Lembrando que Maria Sharapova, que ocupa a segunda colocação do ranking da WTA, enfrenta nesta quinta-feira, 24, a chinesa Na Li (30), número seis do mundo, pela semifinal feminina da competição.

Já Djokovic, o atual número um do ranking da ATP, publicou uma imagem em que está deitado e com as pernas para cima, apoiadas na parede. Visivelmente cansado com seus duros confrontos no torneio, ele declarou estar realmente se esforçando muito no Aberto da Austrália deste ano.

“Apenas mais um dia no 'escritório'”, escreveu com muito bom humor. “Obrigado por todo o amor e apoio. Estou descansando, a fim de estar pronto para o meu próximo jogo. Joguei muito tênis esses dias, certo?”, acrescentou o sérvio, que encara o espanhol David Ferrer (30), o quarto do ranking, na semifinal masculina.