Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARAS

Doença poderá afetar voz de George Michael, diz médico

O cantor George Michael continua internado em Viena por causa de uma forte pneumonia. Segundo médico que o atende, respiração por aparelhos poderia deixar sequelas nas cordas vocais

Redação Publicado em 30/11/2011, às 10h49 - Atualizado em 08/08/2019, às 15h43

George Michael - Getty Images
George Michael - Getty Images

Um dos médicos que cuidam de George Michael (48) disse que a voz do cantor poderá ser afetada pelo tratamento a que ele está sendo submetido. Michael foi internado às pressas na semana passada em Viena, onde faria uma apresentação que acabou cancelada. O cantor está enfrentando uma grave pneumonia.

Por causa da dificuldade para respirar, o cantor está submetido a um sistema que força a entrada e saída de ar dos pulmões. "A pressão acontece muito próximo às cordas vocais, e poderia afetá-las", admitiu o médico Gerrit Wohlt. "Vai depender de quanto tempo ele precisará usar esse ventilador. Mas, na pior das hipóteses, a doença poderá, sim, afetar seriamente sua capacidade de cantar", concluiu o especialista.

A família de George Michael está Áustria para acompanhar o progresso do cantor. Segundo o jornal britânico Daily Mail, o pai Kyriacos Panayiotou (75) e as duas irmãs mais velhas - Melanie (49) e Yioda (53) - desembarcaram na capital do país. O empresário Kenny Goss (53), que foi companheiro de Michael durante 15 anos, deve juntar-se ao grupo em breve. No hospital, o cantor também tem recebido visitas frequentes do cabelereiro de celebridades Fadi Fawaz (38), apontado como atual namorado do artista.

O drama de George Michael começou na última quarta-feira, 23. Impossibilitado de fazer o show da turnê Symphonica em Viena, o ator foi levado para o hospital. Dois dias depois, veio o anúncio do cancelamento de todos as outras 14 apresentações agendadas. A imprensa internacional chegou a noticiar que a doença teria afetado o coração de Michael e que ele estaria em coma, o que não foi confirmado.

É a segunda vez que George Michael adoece durante a turnê. No mês passado, ele cancelou uma apresentação em Londres, devido a uma febre alta causada por infecção viral.