Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Claudia Ohana: ‘O que não me mata, me fortalece’

Ao participar do quadro ‘Arquivo Confidencial’, do ‘Domingão do Faustão’, a atriz Claudia Ohana se emocionou ao receber elogios de familiares e amigos de profissão, como Ney Latorraca, Claudia Raia e Tarcísio Meira

Redação Publicado em 23/09/2012, às 20h51 - Atualizado às 21h00

Claudia Ohana - Felipe Assumpção/Agnews
Claudia Ohana - Felipe Assumpção/Agnews

Depois de voltar a dançar no estúdio do Domingão do Faustão, ao lado de Rodrigo Simas (20), neste domingo, 23, a atriz Cláudia Ohana (49), que perdeu a mãe com apenas 15 anos de idade, proporcionou momentos emocionante ao participar do quadro do programa Arquivo Confidencial.

“Minha mar fazia cinema e morreu com 35 anos, muito jovem. Mas é aquilo, o que não me mata, me fortalece. O trabalho acabou sendo muito importante na minha vida, acabou sendo minha base. Comecei a trabalhar com apenas 15 anos”, declarou a atriz após ouvir depoimentos da tia Maria Lucia e do primo Arthur.

Além dos parentes, os colegas de profissões Ney Latorraca (68), Claudia Raia (450 e Tarcísio Meira (76) também rasgaram elogios à Claudia, mostrando muito orgulho de trabalhar ao lado dela. “Escolheram a pessoa certa para falar da Claudia. Amo a Claudia. É uma pessoa muito simpática. É a típica atriz brasileira. Uma pessoa natural”, afirmou Latorraca.

“Ela é muito disciplinada e muito estudiosa, isso é maravilhoso nela”, declarou Claudia Raia. “É uma mãe menininha. O fato de ser mãe menininha fez com que ela ganhasse alguns poderes mágicos. Quase divinos. Fico feliz ao ver o trabalho dela”, destacou Tarcísio.

“Elogios de três pessoas maravilhosas, grande profissionais. Muito bom ter elogios de pessoas que a gente respeita e admira. Amo vocês todos. ‘Tarciosão’, grande pai!”, agradeceu Claudia Ohana.

O professor de Claudia no Dança dos Famosos, Patrick Carvalho, revelou que compartilhou com a atriz que passava por momentos tristes em sua vida devido ao câncer de sua esposa, Adriana. “Se preocupou comigo durante o Dança. Existe uma história Patrick Carvalho, antes Claudia Ohana e depois Claudia Ohana. Os pássaros ousados voam alto, obrigado por deixar eu voar do seu lado, parceira!”, declarou o bailarino.

“Foi incrível, a gente estava numa ligação muito forte e não tinha como não passar isso junto. Um exemplo de profissional. Eu sambo, eu danço... ele me fez dançar. Você é um super campeão. Um beijo Adriana!”, frisou Ohana.

Janaína, enteada da atriz, também fez sua declaração. “Eu tinha dez anos quando se casaram, entrou como uma irmã mais velha. Temos uma relação muito bacana”, disse. “É uma parceira muito grande, está ai para tudo”, acrescentou Dandara Guerra, sua filha.

A irmã da atriz Cristina Ohana aproveitou a oportunidade para ler poema feito para a Claudia, arrancando lagrimas da atriz, que agradeceu. “É minha irmã que passou tudo comigo. Uma poeta incrível. É muito emocionante. Já a Janaina é minha irmã, minha filha, minha mãe, meu pai, muita coisa para mim. E minha filha é tudo para mim”.