Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Jayme Monjardim em família no RS

Com Tânia Mara e a pequena Maysa, diretor curte frio e tradição da serra gaúcha

Redação Publicado em 05/09/2011, às 19h57 - Atualizado em 08/08/2019, às 15h43

Na serra gaúcha, Jayme Monjardim, Tânia Mara e Maysa reforçam laços de família e se deliciam com chá colonial. - Liane Neves
Na serra gaúcha, Jayme Monjardim, Tânia Mara e Maysa reforçam laços de família e se deliciam com chá colonial. - Liane Neves

A mistura entre a tradição colonial e o clima frio da serra gaúcha pontuou a estada do diretor Jayme Monjardim (55) e sua amada, a cantora Tânia Mara (28), em Gramado, onde encontraram um perfeito refúgio de sua atribulada rotina. Para completar a atmosfera de harmonia, a princesa do casal, Maysa (11 meses), deixou o tour com sabor mais doce. A charmosa cidade tem significado especial para Jayme, pois serve de cenário para seu mais novo trabalho na TV, A Vida da Gente, próxima trama global das 6. Além de Gramado, Porto Alegre e Canela também são locações para o folhetim do diretor, que já estava na região envolvido com as gravações e fez pausa para curtir a visita de suas meninas. “Estou vivendo um momento muito intenso e feliz. Fazendo essa novela no Rio Grande do Sul, que é um Estado que tanto amo”, exalta ele. “Também estou realizado na vida pessoal, com os meus filhos e a minha mulher. Digo que nada é mais importante que a minha família”, completa ele, pai ainda do ator Jayme Matarazzo (24) e da estudante de Moda Maria Fernanda (24), ambos da relação com a produtora Fernanda Lauer (53), e André (11), do casamento com a atriz Daniela Escobar (42). O primogênito, aliás, vem se destacando como o príncipe Felipe de Cordel Encantado, novela que dará lugar à trama dirigida por Jayme. “Para mim, é um orgulho ver o trabalho e toda a dedicação que ele tem. Ele estava estudando para ser diretor e foi o autor Manoel Carlos quem notou o talento, o carisma, a luz dele, e o levou para atuar”, lembra Jayme, referindo-se à Maysa – Quando Fala o Coração, série global escrita por Maneco e dirigida por ele sobre a vida de sua mãe, a saudosa cantora Maysa (1936-1977).

Casado há quatro anos, o par protagonizou cenas de romance e reforçou ainda mais os laços familiares. O passeio contou também com tarde adocicada por chás coloniais, visita aos cavalos — uma das grandes paixões do diretor — em meio à neblina da serra, degustação de chimarrão e longas conversas junto à lareira da bucólica estalagem La Hacienda. Foi nesse clima de aconchego que Jayme e Tânia conversaram com CARAS.

– Vocês formam uma família em plena sintonia...

Tânia – Essa realização que vivemos em família é o resultado de toda a dedicação ao nosso relacionamento, do amor que temos e do apoio que damos um ao outro. Por exemplo, a saudade apertou e eu e Maysa resolvemos visitar o Jayme aqui, neste cenário lindo.

– Pensam em ter mais filhos?

Tânia – A maternidade é um acontecimento incrível. A melhor coisa da vida passa a ser o filho. No momento, Maysa já vale por duas crianças, mas se vier um menino da próxima vez, ‘encerro a fábrica’, senão continuo tentando. Também pensamos em adotar mais um bebê.

Jayme – Depois da Maysa, me entusiasmei para ter mais filhos, mas tudo depende da Tânia. Ela define quantos mais teremos. Queremos para logo e já temos até o nome, se for garoto, Francesco.

– Como está a ansiedade para a estreia de A Vida da Gente?

Jayme – Ela será totalmente ambientada no Sul do Brasil, nessa região maravilhosa que estamos. Posso dizer que este lugar é um dos mais lindos que estive. É uma novela realista e que fala do dia a dia, de encontros e desencontros.

– Além da novela, quais os seus próximos projetos profissionais?

Jayme – Acabei de dirigir o especial do Roberto Carlos, uma pessoa e um artista que admiro muito, feito em Jerusalém e que vai ao ar neste sábado, dia 10. É um orgulho dirigir um talento como ele, ainda mais em um cenário tão mágico. Já visitei Jerusalém diversas vezes e sou apaixonado por aquele lugar. Já no cinema, me preparo para rodar o longa O Tempo e o Vento, enredo baseado na obra homônima de Erico Verissimo, um dos meus autores preferidos. Esse trabalho é um projeto que idealizo há algum tempo e que se concretizará no início do próximo ano. Nele, contarei com o talento de gente do calibre de Thiago Lacerda e Fernanda Montenegro no elenco.

– Tânia, você também se divide entre a família e a carreira?

Tânia – Recentemente, gravei um DVD acústico, em SP, que tem previsão de lançamento para o fim do ano. Quero ser cantora desde criança. Sou realizada.