Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Ana Carolina assume direção de seu novo clipe. Assista!

Ana Carolina demorou três anos para concluir a música 'Leveza de Valsa', que já esteve na trilha sonora do filme 'Meu País' e agora ganhou uma nova versão com direito à clipe

Redação Publicado em 15/04/2013, às 16h26 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Ana Carolina no clipe 'Leveza de Valsa' - Reprodução
Ana Carolina no clipe 'Leveza de Valsa' - Reprodução

Ana Carolina (38) acaba de lançar o clipe Leveza de Valsa, para divulgar sua nova música de trabalho que começa a ser comercializada a partir do dia 23 de abril. A canção é uma parceria com o violinista Guinga (62), que demorou três anos para ser concluída.

O vídeo é o segundo dirigido pela cantora, que também ficou por trás das câmeras no clipe de Um Sueno Bajo el Agua com a italiana Chiara Chivello.

Leveza de Valsa surgiu de alguns acordes feitos por Guinga, que entregou para Ana Carolina transformá-los em uma canção. “Não eram meros acordes eram acordes belos e imprevisíveis com um encadeamento particular, impossível não reconhecer neles o universo musical do Guinga, por isso demorei 3 anos pra terminar a minha parte (risos)”, diz a cantora.

A primeira versão de Leveza de Valsa entrou para trilha sonora do filme Meu País (2010), que recebeu o prêmio de Melhor Trilha no Festival de Cinema de Brasília em 2011. A nova versão traz os violões de Ana e Guinga, além das participações de Danilo Andrade ao piano e do ator e músico Luis Fernando Alves Pinto no serrote

O clipe foi gravado no centro de São Paulo, próximo ao Theatro Municipal, com imagens em preto e branco e estética noir.

“Cada vez mais entendo a música de maneira visual”, explica Ana Carolina sobre assumir a direção do vídeo. “Não quero traduzir os sons em imagens, quero completar o som com a imagem, trazer mais sentido ao som, isto é algo que dá muito trabalho e que está gerando em mim uma grande satisfação. Hoje eu posso fazer as músicas e as imagens das músicas, gosto de atuar, mas gosto até mais de dirigir e editar, assim o trabalho fica exatamente do jeito que eu quero, com isso, me sinto estreitando o compromisso com a verdade da canção.”

Assista: