tv violência

Rodrigão relembra momentos de terror durante assaltos: ''Minha mulher poderia não estar aqui hoje''

Empresário lamentou a falta de segurança e falou sobre as consequências psicológicas dos acontecimentos

CARAS Digital Publicado segunda 1 outubro, 2018

Empresário lamentou a falta de segurança e falou sobre as consequências psicológicas dos acontecimentos
Rodrigão, Adriana Sant'Anna e a filha do casal, Linda - Reprodução Instagram

Rodrigão usou as redes sociais neste domingo, 30, para relembrar dois casos de violência sofridos pela esposa, Adriana Sant'Anna.

"Em 2013, no finzinho do ano, minha mulher foi sequestrada na frente da nossa casa por dois meninos, na faixa dos 15/16 anos! Com direito a coronhada, tortura psicológica e ameaças de morte. Por fim, com o carro em movimento, eles a soltaram! Em 2016, três anos depois, ela teve uma arma apontada para sua cabeça por outro menor quando saía para um trabalho. Eu com o Rodrigo, com poucos meses ainda, estávamos em casa esperando pela mamãe, que poderia nem ter voltado!", relatou o empresário.

Após os acontecimentos trágicos, o casal decidiu tomar providências para aumentar a segurança da família. "Hoje, com dois filhos pequenos, só andamos de carro blindado, minha mulher teve que fazer terapia por um bom tempo, e mesmo assim ainda tem algumas recaídas [...] Ela poderia não estar aqui hoje", disse ele. 

Adriana e Rodrigão se conheceram durante a décima primeira edição do reality show Big Brother Brasil, exibido pela TV Globo. O casal é pai de Rodrigo Júnior, de 2 anos, e Linda, de apenas 8 meses. 

Último acesso: 07 Apr 2020 - 17:40:43 (307430).