Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
TV / Luto!

Isaac Bardavid, dublador de Wolverine, morre aos 90 anos

Isaac Bardavid ficou conhecido por dublar personagens como Wolverine, Freddy Krueger, Tigrão, Robotnik e Esqueleto

CARAS Digital Publicado em 01/02/2022, às 21h31

Isaac Bardavid, dublador de Wolverine, morre aos 90 anos - Reprodução/Instagram
Isaac Bardavid, dublador de Wolverine, morre aos 90 anos - Reprodução/Instagram

Morreu nesta terça-feira, 1, o ator e dublador Isaac Bardavid aos 90 anos, devido a problemas respiratórios, no Rio de Janeiro.

O neto do artista, João Bardavid, deu detalhes sobre o problema de saúde do avô ao portal G1. "Ele teve complicação por causa de doença respiratória crônica e o coração dele não aguentou. Estava com um quadro pulmonar crítico, respirava muito mal, e a taxa de oxigenação estava muito baixa", revelou. 

Isaac Bardavid ficou conhecido por dublar personagens como Wolverine, Freddy Krueger, Tigrão do "Usinho Pooh", Robotnik do "Sonic" e Esqueleto do "He-man". Além disso, ele fez diversas novelas em mais de 50 anos de carreira, como "Irmãos Coragem" (Beato Zacarias), "Escrava Isaura" (Seu Chico), "O cravo e a rosa" (Felisberto), "Eterna magia" (Zequinha) e "Além do Horizonte" (Klaus).

- Bob Saget, ator de 'Três é Demais', morre aos 65 anos

Além das dublagens e das novelas, o ator também participou de programas humorísticos como "Zorra Total", "Os caras de pau", "Cilada.com" e "Trapalhões". E também interpretou o Seu Elias Turco em episódios do "Síto do Pica-Pau Amarelo". 

Seus trabalhos mais recentes na TV foi em "Dois irmãos", de 2017, no papel de Abbas, e "Carcereiros", de 2021, no papel de Álvaro. Ele também atuou em filmes como "Os campeões" (1983), "O escaravelho do diabo" (2016) e "Histórias assombradas" (2017).

Comunicado da família

No perfil oficial do Instagram de Isaac Bardavid, a família falou sobre a morte do ator e prestou uma homenagem.

"90 anos, 11 meses e 19 dias. Se bem conheço o coroa, ele diria assim: Toma tenência na vida meu filho! É com essa frase que escrevo que nosso querido ator, dublador, escritor, esposo, pai, vô, bisavô e amigo, hoje partiu para o plano espiritual. O quadro hospitalar do Isaac estava ok, controlado, mas o pulmão resolveu parar de oxigenar o corpo, mesmo entubado, mesmo recebendo oxigênio pela máquina, os alvéolos não davam conta de transmitir o oxigênio recebido para o sangue. O sangue ficou ácido demais (com taxa de oxigênio muito baixa) e por conta disso o coração falhou. Os médicos tentaram reanimação, mas o corpo já está muito cansado."

"Isaac sempre fazia os outros sorrirem, sempre fazia piadas, sempre estava feliz. Ele já se perguntava a algum tempo "porque ele ainda estava vivo", pois nessa pandemia ele recebeu muitas notícias de amigos dubladores morrendo, ele ficava cada vez mais triste e sem entender como pessoas jovens estavam indo tão antes dele. Questionamentos à parte, Isaac se foi, mas seus trabalhos ficarão aí, sua voz é imortal enquanto vocês se lembrarem dele."

"Quem gosta de leitura também pode tê-lo com seus livros. O segundo livro dele está para ser finalizado agora em fevereiro. É triste saber que ele não viu seu segundo livro pronto. Como era o projeto favorito dele, eu nem me meti nas escolhas, mas algumas coisas ainda não estavam decididas, então irei tomar as rédeas do projeto do livro para poder finalizar as questões pendentes e passar mais detalhes a vocês. Um beijo em todos e que tenham bastante saúde para poder correrem atrás de sua felicidade", finalizou.

Confira: