Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
TV / EMOÇÃO

Opinião: Ao deixar a Band, Faustão ganha despedida de acordo com sua importância

Faustão ganha despedida de acordo com sua importância; na Globo, situação foi bem diferente

Nataly Paschoal

por Nataly Paschoal

npaschoal@caras.com.br

Publicado em 21/08/2023, às 07h39

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Faustão ganha homenagem inesquecível na Band - Reprodução/Instagram
Faustão ganha homenagem inesquecível na Band - Reprodução/Instagram

O fim do Faustão na Band emocionou o público. Após notícias de que Faustão está internado com um quadro de insuficiência cardíaca, assistir ao seu último programa nesta sexta-feira, 18, na Band foi mais do que uma despedida: foi um consolo para os telespectadores, que, desde sua saída da Globo, em 2021, esperavam um "ponto final" de um ciclo digno de um ídolo.

O episódio especial aconteceu antes mesmo dos fãs saberem que o quadro dele estava agravado, precisando entrar na fila do transplante para um novo coração. Mesmo sem terem conhecimento desse detalhe, os telespectadores e até amigos famosos acompanharam sua última gravação com muita emoção.

Com a promessa da rara aparição de seus três herdeiros juntos e a estreia da primogênita, Lara Silva, de 25 anos, como cantora, o último Faustão da Band foi extremamente tocante e inesquecível. Conferir o apresentador, que sempre tirou lágrimas de seus convidados, bem desconcertado e com vontade de chorar, foi impactante, foi vida real.

Pudemos conhecer com nossos próprios olhos o lado pai e humano, que tantos falavam, ao vivo, televisionado. Só faltou um arquivo confidencial de Fausto Silva para ficarmos ainda mais em êxtase. Segurando lágrimas e driblando os elogios, ele resistiu às homenagens, fingindo ser o pai durão, o chefe o fortaleza, aquele que não se abala no palco, mas deixando escapar um pouco dos sentimentos.

A emoção passou pelas telas, quem assistiu sentiu tudo e ficou com sentimento de nostalgia, saudade e com esperança de Faustão continuar, isso porque, ele finalizou o programa com uma espécie de despedida, cogitando uma aposentadoria.

Aos 73 anos, o comunicador fiel ao seu cargo, que raramente faltou, fez uma espécie de passagem de título. O pai passou o "bastão" para os filhos e falou que agora era com eles. Contudo, o descanso que a grande maioria dos brasileiros sonham após anos de presença na televisão parece difícil para uma lenda que marcou os domingos.

Igual fez João Guilherme Silva durante a despedida, também desejamos que ele não pare, que ele continue. Afinal, ainda existe esperança por domingos brasileiros com um "O louco, meu". E assim como a filha do apresentador, repetimos que ele não imagina o quanto é amado pelo Brasil. Humilde, simples e espontâneo, Faustão suavizou o pesado final de domingo de muitos e não precisa pedir desculpas ou paciência por isso, porque gostando ou não de seu estilo, ele tem história na TV.

Veja como foi o último Faustão na Band:

Faustão sofre piora em quadro clínico e entra para a fila do transplante de coração

O Hospital Israelita Albert Einstein divulgou um novo boletim médico neste domingo, 20, no qual informa que o apresentador Faustão entrou para a fila do transplante de coração. A decisão foi anunciado pelos médicos.

Segundo as primeiras informações, ele está passando por sessões de diálise e conta com a ajuda de medicamentos para o controle do bombeamento do sangue pelo organismo. Fausto Silva está internado há 15 dias.

"Em 05 de agosto, Fausto Silva deu entrada no Hospital Israelita Albert Einstein para tratamento de insuficiência cardíaca, condição que vem sendo acompanhada desde 2020. Ele encontra-se sob cuidados intensivos e, em virtude do agravamento do quadro, há indicação para transplante cardíaco. O paciente está em diálise e necessitando de medicamentos para ajudar na força de bombeamento do coração", diz a mensagem.

O apresentador não terá nenhum tratamento especial, já que a fila é gerida por uma equipe técnica. "Fausto Silva já foi incluído na fila única de transplantes, regida pela Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, que leva em consideração, para definição da priorização, o tempo de espera, a tipagem sanguínea e a gravidade do caso", diz a mensagem.

++ Filha da nora de Faustão já precisou de um transplante de coração