tv eita!

Ao lado do caçula, Juliano Cazarré comenta polêmica sobre machismo: ''Ataque histérico''

Juliano Cazarré resolveu esclarecer a situação depois de ser atacado por internautas que o chamavam de machista

CARAS Digital Publicado domingo 10 novembro, 2019

Juliano Cazarré resolveu esclarecer a situação depois de ser atacado por internautas que o chamavam de machista
Juliano Cazarré - Reprodução/Instagram

Neste domingo, 10, Juliano Cazarré voltou a falar sobre a polêmica de machismo em que se envolveu nas redes sociais.

Em foto ao lado do filho, Gaspar, que nasceu em abril deste ano, o ator fez uma reflexão sobre toda a situação.

Depois do ataque histérico inicial da turma que disse que ia me cancelar, eu recebi milhares e milhares de mensagens de apoio, de homens e de mulheres. Promotores de justiça me escreveram para dizer que a maioria dos casos que enfrentas nas varas de família tem a ver com a ausência da figura paterna, ou a presença de uma figura paterna ruim. Psicólogos me escreveram dizendo que um número enorme de mães enfrentam problemas em suas vidas pela ausência de um companheiro saudável com quem dividir a criação dos filhos e as responsabilidades da família”, começou.

Quanto mais os pós-modernos empurram suas narrativas sobre masculinidade tóxica, mais tímidos e fracos os homens se tornam. Timidez e fraqueza nunca fizeram bons homens. E mais as mulheres reclamam dos homens. E mais fracos nos tornamos, num círculo viciado. É por isso que hoje é tão comum escutarmos: ‘não tem mais homens’, ‘não encontro um homem que presta’, etc.”, continuou.

Isso não é bom para os homens. Não é bom para as mulheres. Não é bom para a sociedade. Mas não se engane, isso é um plano que está sendo executado com sucesso. Assim que estivermos todos emasculados, vai ficar bem mais fácil implantar um projeto de dominação e poder. Nossos filhos serão criados pelo Estado e seremos todos escravos”, concluiu.

Juliano Cazarré com o caçula, Gaspar

Último acesso: 08 Aug 2020 - 09:19:15 (334502).