Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Rachel Ripani reestreia 'Cabaret Luxúria' em São Paulo

Comédia musical conta a história de um triângulo amoroso que vive em um Cabaret no inferno e fala sobre os dilemas da paixão

CARAS Online Publicado em 05/09/2013, às 17h40 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Rachel Ripani reestreia 'Cabaret Luxúria' em São Paulo - Divulgação/Beto Riginik
Rachel Ripani reestreia 'Cabaret Luxúria' em São Paulo - Divulgação/Beto Riginik

Rachel Ripanireestreia no próximo sábado, 7, em São Paulo, o musical Cabaret Luxúria, peça na qual é autora e também uma das protagonistas.

O cenário do espetáculo é um cabaret no inferno, onde a história de paixão entre o triângulo amoroso principal se desenrola.

+ Rachel Ripani relembra viagem à Ilha de CARAS

+Texto de 'Mães Iradas' inspirou Rachel Ripani a engravidar

Lilith (Paula Flaibann) é a dona do bordel e tem uma ótima relação com o marido, o cantor e gigolô bonitão Mephisto (Rubens Caribé). Todavia, ele se envolve com a virtuosa Justine (Rachel) e ,apaixonados, vivem um tórrido e envolvente romance, marcada por desejo, ciúmes e sofrimento.

Em entrevista à CARAS Online, Rachel afirmou que está empolgada coma  reestreia da peça, pois adorou escrever o texto da montagem e é fã de comédia.

Eu estou gostando cada dia mais de fazer comédia, acho que foi aonde eu realmente me achei. Eu me sinto muito feliz em cena, consigo me soltar mais”.

Mas, quem acredita que fazer uma comédia é fácil engana-se. Segundo a autora e atriz, o texto completo demorou anos para ficar pronto.

Fique anos escrevendo o texto, demorou muito tempo. Queria fazer algo que falasse sobre sexo, desejo e amor do ponto de vista feminino, já que não era muito fácil encontrar. Mas o texto está cheio de referencias literárias, fui procurar inspiração em Dante e Marques de Sade, por exemplo, e isso demanda tempo”.

Além do trio principal, a montagem conta também com a participação de cinco instrumentistas, que interpretam ao vivo 15 músicas, como Esse Cara Sou Eu e Último Tango em Paris. Na história, elas são cinco diabinhas assistentes de Lilith.

Tudo começou, na realidade, quando conheci estas musicistas. Pensei: ‘mulheres bonitas, tocando no palco, podem gerar alguma coisa bem legal’. Aí, comecei a escrever o texto”, revela Rachel.

Com direção de Helen Helene e direção musical de Pedro Paulo Bogossian, Cabaret Luxúria vai animar e divertir todos os tipos de público.

“Todo mundo que já se apaixonou ou está apaixonado deve assistir. A peça é para esse público, já que fala do poder e as sensações da paixão”, garante a atriz.

Cabaret Luxúria- de 7 a 29 de setembro

Quando:
Sábado- 21horas
Domingo- 19h30
Onde: Teatro Viradalata
Rua Apinajés, 1387-Perdizes
Preço: R$ 40
Duração: 75 minutos
Classificação indicativa: 14 anos