Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Hebe Camargo vira tema de um espetáculo musical

Na mansão da diva televisiva, em SP, Marcelo e Claudio Pessutti exaltam grandioso projeto

CARAS Publicado em 22/07/2017, às 08h06

Marcus Sanchez, Carlos Henrique Ferreira, Leandra Borges, Sérgio França, Fernanda Chamma, Gringo Cardia e Miguel Falabella - Paulo Santos
Marcus Sanchez, Carlos Henrique Ferreira, Leandra Borges, Sérgio França, Fernanda Chamma, Gringo Cardia e Miguel Falabella - Paulo Santos

Em uma reunião intimista para familiares e amigos mais próximos, em SP, Marcello Camargo (50), filho da saudosa Hebe Camargo (1929–2012), e Claudio Pessutti (57), sobrinho da eterna diva da TV, falaram sobre a plataforma Hebe Forever, projeto criado em 2013 para manter viva sua memória. “Queremos cultivar, celebrar e perpetuar a imagem da nossa eterna rainha”, afirma Claudio, emocionado. 

A missão da plataforma é realizar uma série de ações culturais. A primeira foi o livro, biografado por Artur Xexéo (66), lançado recentemente. A próxima será um musical, em outubro, também escrito por Xexéo e que deve ser dirigido por Miguel Falabella (60). “Hebe é uma figura deliciosa de trabalhar,A missão da plataforma é realizar uma série de ações culturais. A primeira foi o livro, biografado por Artur Xexéo (66), lançado recentemente. A próxima será um musical, em outubro, também escrito por Xexéo e que deve ser dirigido por Miguel Falabella (60). “Hebe é uma figura deliciosa de trabalhar, mas escrever um livro é muito diferente de trabalhar o tema no teatro. É uma vida com tantas peripécias que fica muito difícil resumir”, acredita o jornalista.

Ainda estão nos planos a exposição Hebe: Uma Vida Em Um Dia, que tem Marcello Dantas (50) como responsável, um filme e uma minissérie dirigidos por Carolina Kotscho (41) e um painel pintado pelo artista Eduardo Kobra (41). “Não acaba por aí, ainda temos outros projetos em mente”, promete Claudio, que sempre esteve ao lado da tia famosa.

Em clima nostálgico, na casa que era da apresentadora, Mar cello lembra de Hebe com carinho. “Sinto saudade da minha mãe, mas Deus sabe o que faz. O pavor dela era ficar sofrendo”, diz.