Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Moda / ANTENADO

Sergio Marone entrega ligação com moda nordestina e afirma: "Valorizando uma cultura"

Em entrevista à CARAS, Sergio Marone falou sobre sua colaboração com a marca DePedro e como acha importante valorizar a moda nordestina

por Surenã Dias

sdias_colab@caras.com.br

Publicado em 07/12/2023, às 15h03

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Sergio Marone esteve presente na festa de 30 anos da CARAS - Foto: Acervo CARAS
Sergio Marone esteve presente na festa de 30 anos da CARAS - Foto: Acervo CARAS

Ligado a questões sustentáveis e ecológicas, o ator Sergio Marone (49) afirmou que adora consumir moda, mas de maneira consciente. Presente na festa de 30 anos da revista CARAS, o artista revelou que faz questão de ir em busca de peças e produtos que valorizem mais a cultura brasileira. 

Na ocasião, Sérgio passou pelo tapete vermelho do evento usando um look completo da marca DePedro, nascida no Rio Grande do Norte, com quem ele realizou uma recente colaboração. Em bate-papo com a colunista Paula Martins, o ator comentou sobre a importância de se promover as tradições culturais do povo brasileiro. 

"Raramente tem um stylist para me ajudar, hoje [o look] foi 100% eu. A gente tá falando de tradição, de brasilidade, de um produto 100% feito à mão por mulheres nordestinas, algumas com 90 anos de idade, que fazem esse trabalho há 70, 80 anos", disse. 

Segundo o artista, é importante usar peças que trazem tradição e história. "Porque quando a gente traz uma peça dessa e joga na passarela da São Paulo Fashion Week, a gente tá valorizando uma tradição, uma cultura 100% brasileira", destaca. 

Leia também: João Assunção fala sobre seguir carreira do pai e confessa: "Tinha preconceito"

"Dessa forma a gente desperta o interesse das novas gerações, para gerar uma possibilidade de perpetuar essa tradição. Porque infelizmente essa correria do mundo hoje em dia às vezes a gente deixa para trás algumas coisas tão lindas, tão artesanais, tão tradicionais", afirma.

Ainda durante o bate-papo, ele comentou sobre sua ligação com a moda e confessou que costuma ser bem ponderado em seu consumo. "Gosto de consumir, de informação e do que a moda significa, da forma da gente se expressar. É uma questão cultural, mas eu consumo moda de uma forma bastante consciente", conta ele, que aproveitou para elogiar a forma como a CARAS influenciou na moda brasileira: 

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!