Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Moda / COLUNA

Estilista carioca firma pioneirismo na moda ao unir gerações com criatividade minimalista

Lucas Leão torna peças híbridas tanto para gêneros quanto para uso na moda com mistura entre o artesanal e o tecnológico

Alfaiataria feminina de corte reto e impecável combinada com peças artesanais ditam looks - FOTOS: GETTY IMAGES
Alfaiataria feminina de corte reto e impecável combinada com peças artesanais ditam looks - FOTOS: GETTY IMAGES

O carioca Lucas Leão (28) já tem uma bela trajetória na alfaiataria masculina e é um nome pioneiro no sentido de unir passado, presente e futuro com peças que misturam o artesanal e o tecnológico. No âmbito das roupas femininas, o estilista comprova que também está fazendo um trabalho coerente com sua linguagem na moda e igualmente marcante pela técnica e pela beleza. Intervenções tridimensionais, linhas diagonais, recortes inusitados e o trabalho com diversas possibilidades de uma mesma peça que a tornam híbrida tanto para gêneros quanto para o uso, são algumas características desta coleção que se mostra altamente desejável e criativa.

Vestidos míni de estrutura ovalar dramática, belos conjuntos em alfaiataria extremamente sofisticados e modernos, especialmente por suas formas angulares e volumes, além de camisas sociais com toque tradicional que, aqui, ganham atmosfera de contemporaneidade pelas dimensões mais ampliadas, blazers com aplicações de cristais e bolsas artesanais são alguns desses elementos que unem o clássico e o contemporâneo em uma roupagem chique sem esforço que o designer brasileiro manifesta como poucos. Interferências tridimensionais e de alto valor artístico em looks monocromáticos e de corte mais reto trazem uma bem-vinda teatralidade para sua alfaiataria impecável.

Os drapeados e os recortes aplicados nos vestidos de modelagem fluida e efeito refletivo, os cintos que fazem referência às gravatas masculinas e seu jogo com texturas e estruturas também manifestam seu viés moderno e experimental. Simplicidade e elaboração se encontram nos caminhos estéticos do estilista que promove uma nova maneira de encararmos a sofisticação. E a ousadia segue: Lucas foi o primeiro brasileiro a comercializar peças digitais que podem ser vestidas por meio do metaverso!

FOTOS: GETTY IMAGES

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!