especial Exclusivo

Com covid, Orlando Morais implorou para não ser internado: 'É um afogamento! Você vai perdendo o ar'

O cantor revelou que sua maior preocupação foi o impacto que a doença poderia causar em sua família

CARAS Brasil Publicado segunda 19 abril, 2021

O cantor revelou que sua maior preocupação foi o impacto que a doença poderia causar em sua família
Orlando Morais e Gloria Pires - Reprodução Instagram

Orlando Morais passou por um dos maiores desafios de sua vida após ser diagnosticado com o coronavírus. Em uma entrevista exclusiva com a CARAS Brasil, ele contou em detalhes como sobreviveu a esse momento tão desafiador.  

Visitando uma de suas propriedades em Milagres, o cantor revelou que estava longe de sua família, que estava no Rio, quando começou a sentir os primeiros sintomas e tomou a decisão de não retornar para o encontro deles. ''Foi uma fase muito complicada da minha vida! A família estava no Rio, eu estava em Milagres, a gente acabou de fazer uma casa lá. Quando eu comecei a me sentir mal, eu falei: 'Eu não vou para o Rio!', porque eu estando contaminado, eu poderia passar para as pessoas, os familiares, os funcionários da casa'', disse. 

Orlando optou por viajar até Brasília, onde possui um imovel, para encontrar um dos médicos de sua confiança e monitorar o caso, mas sem permitir que seus familiares fossem até lá. "Fiquei indo ao hospital todos os dias pela parte da manhã e monitorando para que nada acontecesse e falando com a família. O foco era não deixar ninguém ir até o hospital, mas Glória desconfiou! Depois de uma semana, estava deitado em casa e do nada ela chega! Ela já tinha pego covid, sem sintomas! Mas ficou comigo usando máscara e tudo mais'', contou. 

O artista continuou sua rotina de monitoramento, mas viu seu caso se agravar com o início de uma febre alarmante e então descobriu que precisaria ser internado. ''No décimo primeiro dia da covid, eu comecei a ter febres altíssimas de 42 graus! Chegou um momento em que não aguentei e o médico foi até em casa e disse: 'Orlando, não tem mais condições! Você precisa ficar pelo menos 48 horas internado'[...] E eu o tempo todo falando que não queria!'', revelou. 

Morais passou por uma série de exames ao chegar no hospital e foi informado de que seu caso estava em nível grave. ''Fiz uma tomografia e fui direto para a UTI! É tão desesperador, porque não é uma dor, é um afogamento! Cada segundo que passa é desesperador, porque você vai perdendo o ar. Você fica a procura de uma coisa que você não consegue encontrar, que é o oxigênio''. declarou. 

Peça fundamental para sua sobrevivência, além da equipe médica, Orlando conta que recebeu um conselho dos enfermeiros para se agarrar ao olhar de seus filhos para baixar o desespero que estava sentindo ao se ver preso aos fios e ao monitor de oxigênio. ''Eu não poderia sair dessa vida agora! Seria um baque muito grande na vida dos meus filhos! [...] O desespero deles era uma coisa gigantesca!'.

Cansado da situação, o marido de Gloria Pires conta que forçou a barra para deixar o hospital quando começou a apresentar sinais de melhora. ''Forcei uma barra pesada! Falei para o médico que estava em um nível que conseguiria melhorar em casa. Era para eu sair em um domingo, mas eu saí em uma quinta! A minha vontade de fazer tudo para melhorar era gigantesca!", disse ele.  

Questionado se ficou com medo de encarar as possíveis sequelas que poderiam atrapalhar sua profissão como cantor, Orlando se mostrou confiante. "Não tive![...] Quando as coisas chegam, eu entendo e sei o que eu tenho que fazer! Estou fazendo fisioterapia a 15 dias e melhorando a cada dia! Tenho fé'', afirmou. 

 

Último acesso: 12 May 2021 - 21:47:34 (386180).

Leia também

TV CARAS