Papéis e adesivos de parede: veja dicas para usar os revestimentos na decoração

Aprenda a usar papéis e adesivos de parede na decoração
Aprenda a usar papéis e adesivos de parede na decoração Foto-montagem


A seguir, especialistas esclarecem dúvidas sobre papéis e adesivos de parede e ensinam a usar os revestimentos em apenas uma parede ou no cômodo inteiro. Confira!

No cômodo inteiro, em uma parede ou apenas em um cantinho, papéis e adesivos garantem personalidade à decoração, que ganha um toque de criatividade e sofisticação. Mas com texturas, cores e estampas variadas, a aplicação exige planejamento ou o espaço pode ficar 'carregado'. A seguir, especialistas respondem dúvidas frequentes sobre revestimentos.

+ Aprenda a usar adesivos e papel de parede para renovar ambientes

+ Saiba qual é a melhor lâmpada (e como usar) para cada ambiente da sua casa

- É possível usar papel de parede em um cômodo inteiro?

“Sim. Aliás, o ambiente fica muito aconchegante”, é a resposta de Sandra Lemes, gerente da Bucalo. Três fatores determinam o tamanho dedicado ao papel ou adesivo de parede no ambiente: cor, textura, estampa. “Cores e estampas neutras ou claras são as melhores opções para quem vai revestir o cômodo inteiro. Estampas fortes e cores vibrantes são mais indicadas para apenas uma parede. As demais, nesse caso, permanecem lisas, com uma cor uniforme”, afirma de Andrea Falcão, designer da Dona Cereja.

- E quando o papel fica em apenas uma parede, há uma recomendação para escolher a cor das outras?

O ambiente decorado com um revestimento de parede exige harmonia. “A escolha é bem simples. Basta usar uma das cores da estampa para pintar as outras paredes”, exemplifica Sandra. Caso a cor do papel seja uniforme, a dica é combiná-la a um tom da mesma família ou usar a técnica da base neutra - usar tons neutros na demais paredes e dar uma cara nova à decoração apenas trocando o revestimento.

- Cores vibrantes no quarto podem atrapalhar o sono. Como evitar ao usar papel de parede estampado?

A alternativa para usar tons fortes e vibrantes, como os alaranjados e avermelhados, é concentrá-los na parede que fica atrás da cama. “Lá é possível ousar nas cores e nas estampas, já que não é a que o morador olha enquanto dorme”, sugere Andrea.

+ Conheça técnicas e estratégias que ajudam a escolher as cores na decoração

- Papéis e adesivos de parede exigem manutenção como a tinta, que precisa de retoques?

Os revestimentos oferecem uma vantagem com relação à pintura tradicional: a durabilidade. “Em geral, eles duram cerca de dez anos e a pintura precisa ser retocada constantemente, às vezes até a cada um ano. No banheiro, a durabilidade diminui por causa do vapor do chuveiro, que pode danificar o papel”, explica Sandra. Cada material exige uma técnica de limpeza, mas, em geral, um pano úmido é o suficiente para resolver o problema. O ideal é consultar o fabricante antes de fazer a limpeza.

- Os revestimentos podem ser aplicados em todos os cômodos da casa?

Com desenhos e formatos de azulejos e paisagens, por exemplo, além dos modelos tradicionais, os revestimentos podem ser aplicados em qualquer cômodo. 

- A aplicação precisa ser feita por um profissional?

Existem papéis e adesivos de parede pequenos, médios e grandes - o revestimento não precisa ocupar a parede inteira. “O ideal, para um resultado perfeito, é que um profissional realize a instalação. Porém, há quem consiga instalar sozinho. Vale a pena conferir tutoriais na internet”, recomenda Sandra.

- A remoção do revestimento estraga a parede?

Uma remoção bem-sucedida depende de como o revestimento foi aplicado. “A cola utilizada que, em geral, é utilizada hoje em dia não estraga a parede”, ressalta Sandra. Mesmo assim, alguns procedimentos de precaução são necessários: “é preciso remover o vinil que protege o papel de parede, e depois aplicar água - com um borrifador ou esponja, por exemplo - para que a cola, que é a base de água, amolecer e soltar o papel”, ensina. No caso do adesivo de parede, lembra Andrea, a remoção pode danificar um pouco a pintura. “Pode acontecer um dano superficial, mas basta lixar e a parede estará pronta para receber novamente a pintura”, comenta.


 

por Juliana Cazarine
Atualizado sexta 10 maio, 2019 (243505) | 16/09/2019 10:47:16

Mais conteúdo sobre:

ASSINE E GANHE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

  1. 1 Erika Mader e Daniel Esdras colocam um ponto final no casamento após mais de 5 anos Erika Mader termina casamento com modelo
  2. 2 Patrícia Leitte sensualiza e fica furiosa com críticas
  3. 3 Caio Castro faz pose na web e fãs reagem: Inveja da Grazi
  4. 4 Carol Castro exibe corpo de biquíni em dia de sol
  5. 5 Thammy Miranda sobre implante: ''Não importa''
  6. 6 Vaza suposta lista de participantes de ''A Fazenda''
  7. 7 Marilia Mendonça exibe barriguinha de grávida em show
  8. 8 Iza encanta seguidores com beleza em novo clique
  9. 9 Nana deixa Paloma surpresa com pedido especial
  10. 10 Filho de Roberto Leal se emociona no velório do pai em SP