Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Cinema / Atrás das grades

Aos 81 anos, Bill Cosby é condenado à prisão e considerado "predador sexual violento"

Ator estuprou uma funcionária de sua ex-faculdade

CARAS Digital Publicado em 25/09/2018, às 19h25 - Atualizado em 26/09/2018, às 09h10

Bill Cosby - Getty
Bill Cosby - Getty

O comediante Bill Cosby, de 81 anos, foi considerado nesta terça-feira, 25, no estado da Pensilvânia, EUA, um "predador sexual violento" por conta de diversos casos de estupro.

Como manda a lei, ele será fichado e apontado como criminoso. Recebeu uma pena de três a dez anos de prisão a serem cumpridos em um presídio estadual, além da obrigatoriedade de ir a atendimentos assistidos pelo governo uma vez por mês, pelo resto da vida.. 

As acusações anteriores eram de penetração sem consentimento, penetração enquanto a vítima estava inconsciente e penetração após fornecimento de entorpecentes. Para acelerar o processo, foram aglutinadas em apenas uma: drogar e assediar sexualmente. 

O crime ocorreu na casa do ator em 2004. A vítima, Andrea Constand, foi convidada pelo astro e lá aconteceu o crime. Eles se conheciam, pois ela era funcionária da faculdade onde ele estudou. 

Os advogados de defesa do condenado pediram pela prisão domiciliar e justificaram isso pela idade avançada de Cosby e pelos seus problemas de visão. "Eles perseguiram Jesus e olha o que aconteceu. Não estou dizendo que Sr. Cosby seja Jesus, mas sabemos o que este país tem feito aos negros há séculos", contestou o porta-voz do astro. 

Além de Andrea, cerca de 60 vítimas acusaram o ator de abuso sexual nos últimos anos.