Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Bebê / Maternidade

Mãe de duas, Yanna Lavigne faz reflexão após dar à luz: ''Nunca aprendi tanto, nunca errei tanto''

Atriz Yanna Lavigne compartilhou textão sobre a maternidade após o nascimento de sua segunda filha com Bruno Gissoni, a pequena Amélia

CARAS Digital Publicado em 07/02/2022, às 12h42

Mãe de duas, Yanna Lavigne faz reflexão sobre a maternidade - Reprodução/Instagram
Mãe de duas, Yanna Lavigne faz reflexão sobre a maternidade - Reprodução/Instagram

Três semanas após o nascimento da segunda filha, Yanna Lavigne (31) fez um relato sobre a maternidade na web.

Na manhã desta segunda-feira, 07, a atriz publicou um lindo clique em que aparece ainda grávida de Amélia, e com a primogênita Madalena (4), frutos de seu casamento com o ator Bruno Gissoni (35), na praia.

Na legenda do post, Yanna Lavigne refletiu sobre a maternidade ao compartilhar texto da escritora, atriz e também mãe Letícia Bassit.

"Vamos falar sobre... Maternidade: nunca aprendi tanto, nunca errei tanto. E assim a gente segue, tentando compreender o que é erro, o que é acerto. Criar um filho é a coisa mais difícil que já fiz e faço na vida. Imagina dois! É deparar-se a todo instante com você mesma, como quem olha para o espelho. A diferença é que o reflexo do espelho é efêmero, se desfaz. O corpo da mãe parece que nunca se desfaz, ao contrário, deve ser estrutura constante. Estruturante. Nada se desfaz. Tudo é acúmulo, inclusive a culpa de ter errado e a alegria de ter acertado. O corpo vai virando uma massa-acúmulo de culpa, medo, alegria, amor, arrependimento, incertezas, certezas", começou escrevendo.

"No fundo, sempre fica a dúvida se estamos acertando ou errando... é que o sistema é cruel. Nossa mente também. Há muita ambivalência e contradição. Há também muita violência sobre nossos corpos. Eu sigo tentando. Errando e acertando a cada segundo, com uma sensação de culpa constante justamente por não saber se é acerto ou erro. Porque o que sinto não basta. O que que penso não basta. É como se eu não tivesse autonomia no sentir e pensar. Há todo um sistema que se sobrepõe. A luta por essa autonomia e consciência é urgente. Livramento. Relato de uma mãe de depoimentos fodas e necessários: @leticiabassit", finalizou.

"Yanna, estamos juntas. Muita força e consciência pra nós e todas as outras mães existentes. Obrigada por fazer ressoar esse meu relato. Agradeço imensamente", comentou Leticia na postagem.

"Escola da vida chamada maternidade!", disse ainda uma seguidora. "Linda, você nos inspira como mãe", elogiou outra. "Yanna, você é linda!!! Grávida, não grávida, linda atriz, linda mãe. Linda mulher, linda e sobre todos os pontos linda!!! Muita luz na sua caminhada!!", destacou mais uma.

Bruno Gissoni se declara ao postar foto da família

Bruno Gissoni se derreteu pela esposa, Yanna Lavigne, e as filhas, Madalena e Amélia, na web. O papai coruja mostrou o rostinho da caçula, que veio ao mundo no último dia 18 de janeiro, e postou um registro da amada e de Mada juntas. "Vou precisar de um coração maior pra caber todo meu amor", declarou.

Confira a postagem de Yanna Lavigne sobre a maternidade: