Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Atualidades / 'SEM DRAMA'

Regina Volpato se despede da Gazeta e planeja retorno à TV: 'Procurando emprego'

Em entrevista à CARAS Brasil, Regina Volpato abriu o jogo sobre sua saída da emissora paulistana e chamou torcida para novos passos de "abraço gigantesco"

Arthur Pazin

por Arthur Pazin

apazin_colab@caras.com.br

Publicado em 23/06/2023, às 19h06

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Regina Volpato ficou cinco anos e meio à frente do Mulheres, na TV Gazeta - Reprodução/Instagram
Regina Volpato ficou cinco anos e meio à frente do Mulheres, na TV Gazeta - Reprodução/Instagram

Regina Volpato (55) se despediu da TV Gazeta nesta semana. A ex-apresentadora do Mulheres deixou a emissora paulistana 20 dias após rescindir o contrato depois de recusar uma proposta para ganhar menos no canal. Em entrevista à CARAS Brasil, Regina afirma que sua saída se tratou de um acontecimento "sem drama" e que seu foco agora é planejar o retorno à televisão: "Estou procurando emprego, porque eu preciso trabalhar".

Deixar o programa - que há cinco anos e meio estava sob seu comando - não estava nos planos deRegina Volpato. "Fui pega de surpresa, não esperava", garante a apresentadora, que já estava planejando suas férias de julho e, posteriormente, de janeiro. No entanto, a proposta de redução de 20% de salário mudou os planos de Regina Volpato. "Não consigo fazer, não dá! Eu já ganhava pouco. Uma coisa é preço, outra é valor", desabafa.

Apesar da decisão, a apresentadora seguiu no comando do vespertino com o mesmo empenho. "Estava tudo tranquilo, a gente aprende a lidar com as mudanças", analisa a apresentadora, que começou no Mulheres em 2018 para cobrir férias. Com a saída de Cátia Fonseca (54) , Regina Volpato assumiu o comando da atração e se consolidou no posto.

Leia também: Antes de pedir demissão, Regina Volpato fez reforma luxuosa em seu lar: 'Lindo'

'MUITO GÁS'

"Sem drama e sem mais delongas. Tudo muito claro, franco, resolvido", conta Regina Volpatosobre sua saída da Gazeta. Com a página virada, a jornalista descarta um ano sabático e se mostra disposta a emendar trabalho. "Preciso, estou com muito gás, estava organizada internamente para trabalhar", afirma.

Questionada sobre o que gostaria de fazer, Regina Volpato destaca que na TV, sempre que mudou de emprego abraçou uma nova proposta. A jornalista já atuou como repórter e garota do tempo na Band, antes de migrar para o SBT nos anos 2000, quando se consagrou à frente do extinto Casos de Família (2004-09).

Em 2011, Regina chegou ao formato de revista eletrônica no Manhã Maior, na RedeTV!, emissora onde também comandou o Se Liga Brasil até 2013. Antes de assumir o Mulheres, ela também mostrou talento para o digital, por meio de seu canal no YouTube.

'TORCIDA ORGANIZADA'

Fora da TV, Regina Volpatoganhou "torcida organizada" nas redes sociais. A jornalista chegou a ser alvo de uma petição encaminhada para a Globo para assumir o Encontro, atração matutina da emissora carioca, comandada por Patrícia Poeta (46). 

Para Regina Volpato, a atitude soa como um "abraço gigantesco". "Sabe quando você conhece alguém e a pessoa está precisando de uma força? Peraí, vou ligar pra todo mundo que eu conheço...Tô entendendo esse movimento desse jeito: vamos empregar, essa é a intenção".