Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Yudi Tamashiro sofre assalto à mão armada: 'Quase me deram um tiro'

Yudi Tamashiro afirma que seis assaltantes levaram sua BMW, relógio e tentaram sequestrar sua amiga

Renan Botelho Publicado em 10/05/2013, às 13h33 - Atualizado às 11h20

Yudi Tamashiro - Divulgação
Yudi Tamashiro - Divulgação

O apresentador Yudi Tamashiro(20), que comandava o Bom Dia & Cia, nos SBT, sofreu um assalto na madrugada desta sexta-feira, 10, na Av. Faria Lima, na zona sul de São Paulo. De acordo com ele, seis homens armados o abordaram em um semáforo e roubaram sua BMW, além do relógio, casaco e celular. Os assaltantes ainda teriam agredido Yudi e tentado sequestrar sua amiga Luciamara Alexandre, que também estava no carro, assim como a assessora do rapaz, Talita Muniz.

“Eles levaram tudo e quase me deram um tiro”, contou Yudi à CARAS Online, enquanto esperava para prestar queixa no 15º Distrito Policial, no Itaim Bibi, na Zona Sul. “O menino que estava armado tinha mais ou menos a minha idade, ele saiu de outro carro e veio me assaltar. Ele me reconheceu e quis desistir, mas os outros que estavam com ele ficaram gritando para ele me assaltar, daí ele veio com a arma na minha janela”, explicou.

Yudi foi forçado a descer do carro. “Nessa hora eles viram que eu estava com relógio e ficaram pedindo para eu tirar, eu não queria. Chegou um moleque muito drogado apontando a arma na minha cara e um outro assaltante começou a gritar para ele não atirar. Se não fosse isso, ele tinha atirado. Eu levei uma bicuda na perna e eles levaram meu relógio”, disse.

Os assaltantes também queriam levar com eles a amiga de Yudi, que resistiu. “Ela não queria ir, então se jogou no chão e eles deram uma bicuda nela também. A gente está na delegacia e depois vamos no hospital”, declarou o apresentador, que afirma sentir dores na perna por conta da agressão.

“Depois que acabou, eu saí correndo, achando que eles iam atirar. Passou muita coisa pela minha cabeça na hora”, falou.