Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Tributo à sétima arte em Veneza

Festival reúne elite do cinema e respira ares de vitrine fashion

Redação Publicado em 13/09/2011, às 12h55 - Atualizado em 08/08/2019, às 15h43

A dança de Claudia Vega e Kike Maillo - Reuters
A dança de Claudia Vega e Kike Maillo - Reuters

Entre as datas mais aguardadas do calendário da sétima arte, a 68a Mostra Internazionale D’Arte Cinematografica — o Festival de Veneza — não apenas elege os melhores do cinema, mas também revela novos talentos. Kike Maillo (36) e Claudia Vega, com o look mais angelical da festa, são prova disto. O diretor e a jovem estrela de Eva protagonizaram a cena mais inusitada do evento ao bailarem diante dos holofotes antes da sessão do filme. “Quebramos um tabu, o do orçamento alto, e conseguimos fazer a produção. Superação faz as portas se abrirem”, disse o espanhol, que fez début no festival, cujo prêmio de Melhor Filme, o concorrido Leão de Ouro, ficou para Fausto, do russo Aleksandr Sokurov (60), enquanto as láureas de Melhor Ator e Atriz foram para Michael Fassbender (34), por Shame, e Deannie Yip (63), por A Simple Life, respectivamente.

Já ícones como Al Pacino (71) reafirmaram seu poder de fogo. Além de apresentar seu mais recente trabalho como diretor, Wilde Salome, o astro ganhou homenagem do festival pelo conjunto da obra. “Ainda há filmes que pretendo fazer, seja como ator ou como diretor. Sempre digo que serei seletivo com os trabalhos e nunca cumpro. Agora, só farei aquilo que me der prazer”, anunciou ele, acompanhado da amada, a argentina Lucila Solá (32), linda, em clássico preto. O tom universal do evento também cedeu espaço ao talento oriental com Fumi Nikaido (17), japonesa vencedora do prêmio Marcello Mastroianni de Atriz Revelação por Himizu.

O longa também deu a Shota Sometami o mesmo prêmio na categoria masculina. “É uma honra poder levar o nome de meu país a um festival como este”, frisou a atriz, em modelito estruturado e sandália futurista. O trio de Duo Mingjin, Stephanie Che (36), de longo verde-musgo, Denise Ho (34), dona do visual mais clean da noite — calça de alfaiataria, camisa e suspensórios — e Myolie Wu (31), em tomara que caia com pedrarias e transparências, comprovou o mix fashion das asiáticas. O volume de Myolie também foi opção das atrizes Jessica Chastain (30), em renda, e Sharon Tal.

Chique em vermelho assimétrico, Selma Blair (39) conferiu sessão de Dark House. A atriz, que acaba de se tornar mãe de Arthur (1 mês), com Jason Bleick (41), fugiu dos looks justos. “Não poderia estar mais feliz”, contou ela a Claudia Pandolfi (36), de Quando La Notte, em belo longo fluido e Anna Bellato, de L’Ultimo Terrestre, de vestido midi, comprimento hit da estação, com rendas e brilhos.

O red carpet foi um show à parte na maratona de 11 dias dedicados à sétima arte. Na busca dos holofotes, as beldades investiram na democracia de estilos e desfilaram versões esvoaçantes, rendas e brilho. Poucas se mantiveram “sóbrias” neste banquete fashion no qual, não raro, o excesso faz parte do menu e é bem aceito. Em meio à diversidade fashion, algo em comum a todas: o glamour das grandes estrelas.

As atrizes Jennifer Ehle (41), Marisa Tomei (46) e Tiziana Lodato (34) apostaram no quesito leveza. No elenco de Tudo Pelo Poder, longa de George Clooney (50) em que contracena com Evan Rachel Wood (24), Marisa conferiu a exibição do filme em longo mostarda com detalhes em pérolas. “A magia  de ser uma estrela de cinema e estar aqui é mais poderosa que a própria realidade”, disse ela. Tendência entre as convidadas do festival, o make e cabelos ao estilo natural evidenciou a beleza de Jennifer, em tomara que caia com generosa fenda. “Sempre me senti mais confortável com os cabelos em tons de ruivo. Quando pinto de loiro, tenho a sensação de ter perdido a minha dignidade”, confessa a atriz para Tiziana, em longo grafite de um ombro só ornado com pedrarias.

Uma das estrelas de Alpeis, a grega Ariane Labed (27) conferiu a sessão do longa em vestido preto com aplicações prateadas e barra com franjas. O bordado também ganhou destaque com a atriz prata da casa Vittoria Puccini (29), em longo off-white com direito a cauda de plumas. “Para mim, é um sonho fazer parte deste evento. Afinal, Veneza é especial em tudo e consegue reunir a maior quantidade dos melhores diretores e atores do mundo por metro quadrado! Foi ainda criança quando pude compreender a fantasia do cinema, pois meus pais sempre me levavam para assistir a filmes”, lembrou a italiana de Florença. Dona de um dos modelitos mais excêntricos a cruzar o tapete vermelho, a atriz e cantora romena Rona Hartner (38) elegeu vestido de renda em camadas, faixa preta na cintura e, como arremate, flores cor-de-rosa na cabeça.

Cor da sedução e feminilidade, o vermelho ganhou ares de sofisticação com a atriz italiana e protagonista de Terraferma, Donatella Finocchiaro (40), em longo de frente única estampado com flores, e Gina Torres (42), eleita do ator Laurence Fishburne (50), do filme Contágio, cuja estreia brasileira está prevista para outubro. O longo minimalista de mangas compridas teve toque de glamour com colar de pedras negras e bracelete dourado. “As produções ultimamente estão um pouco fracas, por isso, fiquei realmente honrado em ser convidado para ser parte deste filme, que é muito inteligente”, atestou o ator, que atua ao lado do astro Matt Damon (40) e de Gwyneth Paltrow (38). “Não tenho preferência para fazer mocinhos ou vilões. Se o diretor e o roteiro são bons, tudo acontece naturalmente”, enfatiza Matt, que chamou a atenção pelo visual careca. “Meu personagem no filme Elysium, cuja estreia é em 2013, é careca. Não tive saída, perdi tudo! A equipe e o elenco são muito competentes e a história, sem dúvida, vai surpreender”, explica ele, com a amada — a argentina Luciana Barroso (34), em look faiscante, mas chique — com quem tem Isabella (4), Gia (2) e Stella (10 meses).

A sobriedade, aliás, ficou por conta dos clássicos looks pretos, opção da atriz chinesa e uma das musas do drama Tao Jie, Qin Hailu (33), em tomara que caia com cauda com aplicação de plumas. “No enredo, falamos sobre o ato de envelhecer, um tema universal. Queremos mostrar ao ocidente como os orientais tratam os idosos”, esclarece Qin. O negro também foi escolha da portuguesa Maria de Medeiros (46) e da iraniana Golshifteh Farahani (28), ambas do francês Poulet Aux Prunes. “Sempre quis influenciar positivamente as pessoas e no cinema encontrei a linguegem ideal para fazer isso”, relatou Golshifteh, radicada em Paris há três anos e casada com o diretor Amin Mahdavi (39). Já a russa Svetlana Khodchenkova (28) arrancou suspiros com saia longa e corsette com detalhes em plumas, tendência forte. A loira, do casting de Tinker, Tailor, Soldier, Spy, com Colin Firth (50) e Tom Hardy (33), diz ter estilo básico. “Faço produções mais sofisticadas quando tenho grandes festas e premiações. Hoje é um dia destes, mas mesmo assim tento não ‘carregar’ no visual”, assegurou a atriz. O black também teve pitada de sensualidade com Shanyn Leigh (38), que cruzou o red carpet para a exibição de 4:44 Last Day on Earth, em que atua, em look esvoaçante e com fenda lateral, deixando à mostra pernas torneadas.

Além dos romances de ficção, o festival foi inebriado pelo clima de amor da vida real com Steven Soderbergh (48), diretor de Contágio, e sua mulher, a atriz Jules Asner (43), com um dos modelitos mais discretos do evento, e do casal John C. Reilly (46), ator de Carnage, e sua eleita, a produtora Alison Dickey, que desfilou pernas de fora em vestido nude com babados. “Sempre fui um homem protetor, especialmente com minha família, mas isso não significa que eu seja ciumento”, observou John, que dividiu set de filmagens com o talentoso austríaco Christoph Waltz (54) e a estrela Kate Winslet (35). Dirigido por Roman Polanski (78), o filme mescla drama e comédia e é inspirado na peça Deus da Carnificina, de Yasmina Reza (52). “Trabalhamos juntos em diferentes aspectos dos ensaios e das filmagens, sempre mantendo o jeito de interpretação de cada um. Tudo era repassado  e revisto todos os dias. Poderíamos até ir direto do set para um palco de teatro”, brincou o dedicado Christoph, com sua Judith Holste. “Era exatamente como se estivéssemos fazendo uma peça. Ensaiávamos um pouco antes de fazer as cenas do dia e toda a história era filmada em ordem cronológica. Acho que nenhum de nós havia feito algo parecido antes”, emendou Kate, em look geométrico verde-musgo, cujo plus ficou por conta do fecho de zíper em toda parte de trás do modelo. A atriz inglesa confessou que tem dificuldades para se vestir e reafirmou sua posição quanto às cirurgias plásticas. “Não tenho corpo de modelo e é complicado encontrar uma roupa que nos deixe ao mesmo tempo confortável e elegante. Tenho dificuldades e dúvidas diante de meu guarda-roupa. Meus princípios são de que a beleza deve ser natural e sempre baterei na tecla de que cirurgias estéticas são desnecessárias”, disse ela, que há dois meses voltou a namorar o modelo Louis Dowler (35), e é mãe de Mia (10), com o diretor Jim Threapleton (38), e de Joe (7), da união de sete anos com o diretor Sam Mendes (45).

Dando um clima suntuoso-sexy a Veneza, as italianas Asia Argento (35) e Manuela Arcuri (34), estrelas da série de TV Sangue Caldo, abusaram do quesito cauda. “Trabalhar com Asia é uma surpresa. Ela é protetora e sempre pronta para ajudar”, conta Manuela, fã da atriz e também diretora, que apostou na transparência com renda no tomara que caia preto. Já Manuela elegeu um sinuoso  longo azul-marinho com justaposições no quadril, criando um show de sedução fashion como só os habitués deste já lendário festival sabem fazer.