Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Ronaldo: trocando a bola pelas luvas?

Em entrevista, o craque revelou ter se interessado em praticar lutas como um novo passatempo; será que o Fenômeno leva jeito pra coisa?

Redação Publicado em 07/09/2011, às 04h23 - Atualizado em 08/08/2019, às 15h43

Ronaldo e Anderson Silva no aniversário de 101 anos do Corinthians - Reprodução Twitter
Ronaldo e Anderson Silva no aniversário de 101 anos do Corinthians - Reprodução Twitter

Cerca de 7 meses após pendurar as chuteiras e anunciar sua aposentadoria com um saldo repleto de vitórias em toda a sua carreira no futebol, parece que o craque Ronaldo Nazário (34) está começando a cogitar se arriscar em um novo esporte. E pelo visto, a proximidade do campeão de MMA (Mixed Martial Arts) Anderson Silva (36) tem grande influência na decisão.

Em entrevista durante sua passagem pela casa noturna Royal Club, localizada no centro de São Paulo, na madrugada desta quarta-feira, 7, o Fenômeno revelou a CARAS Online que está sim considerando a hipótese de se aventurar no mundo das artes marciais. “Sempre gostei de luta, mas vi ao vivo pela primeira vez no UFC Rio. Fiquei impressionado, é uma super adrenalina. O Anderson é muito bom”, contou momentos antes de curtir a noitada.

Nova aposta de Ronaldo em sua agência de marketing esportivo, a 9ine, Anderson é a inspiração que faltava para o craque encontrar um novo esporte para sua vida. “Andei até pensando em praticar um pouco para ver se gosto. O Anderson vai me mostrar mais de lutas, quem sabe eu acabo levando jeito”, brincou. Por que não, né?

Mas enquanto isso não acontece, quem tem todo o aval de Ronaldo para praticar o esporte que quiser são seus filhos, embora de Ronald (11), seu primogênito, o pai coruja já espere e aposte que ele escolha seu bom e amado futebol. “Não quero influenciar em nada, mas acho que todos eles têm tendência a praticar muito esporte. O Ronald, por exemplo, está com 11 anos e gosta muito de futebol. Ele já corre muito bem e é tecnicamente muito bom nisso. Vou ajudar no que for preciso”, contou Ronaldo.

E se algum deles resolver praticar lutas, não vai ter medo de ver seu filho se machucar? “Vou nada, vou apoiar tudo o que eles quiserem fazer. E se for luta, é bom que já tem o Anderson aqui para dar umas dicas”, completou o Fenômeno.