Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

'Quero levar de ator pornô a padre', diz Danilo Gentili sobre Agora é Tarde

Em conversa com CARAS Online, Danilo Gentili conta que não interpreta um personagem na TV e que quer variedade de entrevistados. "O nosso programa tem que fazer seja quem for parecer interessante”

Kellen Rodrigues Publicado em 14/03/2012, às 12h12 - Atualizado às 12h21

Danilo Gentili - Cassiano de Souza
Danilo Gentili - Cassiano de Souza

Danilo Gentili (32) deixou as segundas-feiras com o CQC na Band, mas ganhou um dia a mais na programação e seu talk showAgora é Tarde passou a ser exibido também às sextas-feiras. Com mais espaço na grade da emissora, com convidados cada vez mais à vontade e sem medo de encarar sua sabatina, o apresentador acredita que a atração está cada vez mais próxima ao projeto idealizado em 2009.

“Eu sempre tive muito claro na minha cabeça o que é o programa. Se você pegar o Agora é Tarde de quando estreou e hoje, ele é um pouco diferente”, disse à CARAS Online. “Os entrevistados perderam o medo e eu fico chateado porque eu gostava disso”, fala entre risos. Para Danilo, seu jeito espontaneamente irreverente, com comentários rápidos e sem ensaios, contribuem para o sucesso do programa. “Não tem personagem, no CQC também não tinha. Costumo falar que eu não sou ator, sou hétero”, brinca. “Quando a coisa não é autêntica cria uma barreira em quem está assistindo, as pessoas percebem ‘ah, ele está forçando’. Procuro nunca fazer isso”.

De Mulher Melancia a Marília Gabriela

Entre as entrevistas que mais gostou de fazer, o humorista lista três nomes de peso na televisão: Ratinho e Marília Gabriela (63), do SBT, e Neto (45), da Band.  “Sou muito fã do Ratinho. Entrevistar ele significou muito para mim, de verdade. Nessas três entrevistas eu me diverti, muito, muito mesmo”. Já entre os nomes que sonha em levar para o sofá do Agora é Tarde estão a presidente Dilma Rousseff (64) e Moacyr Franco (75). “Quero que o programa receba ator pornô e padre. De Marília Gabriela a Mulher Melancia (23). Tem que ter os dois extremos lá, sempre. Todo mundo tem uma história para falar”, justifica. “Eu considero que o programa é bom quando não é o entrevistado que é interessante, mas dá a impressão que se ele sentou no sofá ele vira interessante. O nosso programa tem que fazer seja quem for parecer interessante”.

E como 2012 ainda está apenas no começo, os projetos de Danilo também. Ele programa para os próximos meses o lançamento de um novo livro feito a partir da adaptação do seu show e investe ainda mais no ramo de negócios como sócio de um bar de comédia em Moema, e segue também no comando do Comedians, ao lado de Rafinha Bastos (35).