Os melhores do teatro e da TV são reconhecidos

Veteranos e jovens talentos recebem prêmios em uma festa que consagrou a série Tapas & Beijos

Publicado terça 22 maio, 2012

Veteranos e jovens talentos recebem prêmios em uma festa que consagrou a série Tapas & Beijos
O abraço de Gottsha e Letícia Spiller entre Bruna Linzmeyer e Giovanna Lancellotti, as duas são premiadas na estreia na TV - paulo mumia

Em noite que elegeu os melhores do teatro e da TV no ano passado, o Prêmio Arte Qualidade Brasil 2012 consagrou jovens talentos como Bruna Linzmeyer (19) e Giovanna Lancellotti (19), que conquistaram troféus por seus trabalhos de estreia na TV. Enquanto a primeira foi eleita Melhor Atriz Coadjuvante de Série ou Minissérie por Afinal, O Que Querem As Mulheres?; Giovanna ganhou como Atriz Revelação de Telenovela por sua atuação em Insensato Coração. “O reconhecimento é um impulso para saber que estou no caminho certo”, frisou, logo após descer do palco onde foi laureada, no Rio. Elegantes em vestidos pretos, ambas exibiram o visual adotado para o próximo desafi o. E estarão juntas nele. Bruna, com os cabelos mais escuros, e Giovanna, mais curtos, integram o elenco do remake de Gabriela, com estreia prevista para 19 de junho. “Estou animada, é um trabalho bem diferente, uma novela de época. Já fi z aulas de prosódia, está sendo tudo fantástico”, acrescentou Giovanna, no evento que teve a jornalista Mylena Ciribelli (50) como mestre de cerimônias.

Sondado para atuar também na produção baseada em obra de Jorge Amado (1912-2001), Bruno Gagliasso (30), Melhor Ator de Telenovela por seu vilão de Cordel Encantado, explicou que teve de declinar do convite por não conseguir conciliar o folhetim com um projeto de cinema. Em julho, começa a rodar o filme de suspense Isolados. “Não deu, já tinha o compromisso”, lamentou Bruno. José Wilker (66), que atuou na primeira versão de Gabriela, em 1975, foi eleito Melhor Ator Coadjuvante de Série ou Minissérie de TV por O Bem-Amado. O grupo mais animado foi o de Tapas & Beijos, que viu o programa se consagrar como o grande vencedor da noite, com quatro troféus na categoria Seriado ou Projeto Especial de Teledramaturgia: Melhor Autor, para Cláudio Paiva, Ator, Érico Brás (31), além de Diretor e Atriz, ambos recebidos por Maurício Farias (51), que levou para casa o seu e o de sua mulher, Andréa Beltrão (48). Foram laureados ainda André Gonçalves (36), na categoria Ator Coadjuvante de Telenovela, em Morde & Assopra, e o cantor Chay Suede (19), Ator Revelação de Telenovela por Rebelde. Ele foi parabenizado pelas colegas de cena Lua Blanco (25) e Carla Salle (20).

Estrela da TV, Letícia Spiller (38) desta vez concorreu por seu desempenho no teatro, em Outside, como Melhor Atriz de Musical. Ela disputou com Gottsha (42), por 4 Faces do Amor, e Soraya Ravenle (48), que não pôde comparecer e terminou vitoriosa por sua atuação em Um Violinista no Telhado. O prêmio foi entregue a sua filha, Júlia Bernat (21). “Ter sido indicada, já foi um presente”, garantiu Letícia. Na categoria Teatro Musical, a peça Tim Maia – Vale Tudo, o Musical, levou os troféus de Melhor Espetáculo, Diretor, para João Fonseca (48), e Ator, Tiago Abravanel (24). Ana Kfouri (54) foi laureada por Direção de Espetáculo de Drama, com Senhora dos Afogados, e a produtora Claudia Marques recebeu o troféu da peça Me Salve, Musical!, o Melhor Espetáculo de Comédia.

André Gonçalves e Tiago Abravanel são laureados. Bruno Gagliasso e Zé Wilker. / foto: paulo mumia
O diretor Maurício Farias e o autor Claudio Paiva, deTapas & Beijos. / foto: paulo mumia
Júlia Bernat recebe prêmio pela mãe, Soraya Ravenle, em evento que laureia ainda Ana Kfouri. A produtora Claudia Marques recebe pela peça Me Salve, Musical!. / foto: paulo mumia
Chay Suede festeja vitória entre Lua Blanco e Carla Salle. Érico Brás é aplaudido por Mylena Ciribelli, mestre de cerimônias. / foto: paulo mumia

Último acesso: 06 Mar 2021 - 03:26:02 (206645).

Leia também

TV CARAS