Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Vanessa da Mata e Maria Bethânia relembram Tom Jobim

Reverência a Tom Jobim, ícone da Bossa Nova, é comandada por Vanessa da Mata e Maria Bethânia

Redação Publicado em 16/04/2013, às 15h54 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

No Rio, Bethânia faz uma participação na abertura do projeto musical que Vanessa mostrará em seis cidades do País. Mãe e filha apresentam show. - Ivan Faria
No Rio, Bethânia faz uma participação na abertura do projeto musical que Vanessa mostrará em seis cidades do País. Mãe e filha apresentam show. - Ivan Faria

Notáveis representantes da ala feminina da MPB, Maria Bethânia (66) e Vanessa da Mata (37) uniram suas vozes para reverenciar um dos ícones da bossa nova no lançamento do projeto NIVEA Viva Tom Jobim, no Rio. Juntas, elas se emocionaram ao cantar o clássico Chega de Saudade, composto pelo também maestro e pianista, em parceria com Vinicius de Moraes (1913-1980), em 1958. “Esse trabalho é a maior responsabilidade que eu já tive. Depois dos Beatles, Tom é o mais regravado no mundo. Até Amy Winehouse, em álbum póstumo, canta Jobim. Ele representa desafio, sagacidade e inspiração”, resumiu Vanessa, que vai interpretar as canções do compositor em shows gratuitos por seis capitais brasileiras: Salvador, Recife, Brasília, Porto Alegre, São Paulo e Rio.

Mestre de cerimônias da noite ao lado da filha, Fernanda Torres (47), Fernanda Montenegro (83), admiradora do legado musical de Tom, descreveu o fascínio que o artista exerce sobre ela. “É um dos maiores nomes da cultura e da música popular brasileira. Influenciou gerações de artistas do Brasil e do mundo. Sempre conviveu com a natureza, eterna inspiração para suas composições, assim como o amor, o Rio e as mulheres, tão bem traduzidas em seus versos”, afirmou.

Embalados por Só Tinha De Ser Com Você, 1964, um dos grandes sucessos da carreira de Tom, o casal de atores Adriana Esteves (43) e Vladimir Brichta (36) trocava olhares apaixonados ao longo da apresentação. “Essa é uma das minhas preferidas! Achei ótimo ver Vanessa interpretar a obra dele”, elogiou o ator. No show, Antonia Fontenelle (39) lembrou-se do diretor Marcos Paulo (1951-2012). “Um dos hits de Vanessa foi tema do meu início de namoro com Marcos”, contou. Prestigiaram ainda Isis Valverde (26) e o namorado, Tom Rezende (23), Christiane Torloni (56), Bethy Lagardère (63), Ana Lontra Jobim (55), viúva de Tom com a filha deles, Maria Luiza (25), e a outra herdeira do músico, Elizabeth (55).