Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Letícia Isnard fala de sua nova personagem: 'É praticamente o Max de saia'

Prestes a estrear em 'Sangue Bom' na pele da malvada Brenda, Letícia Isnard promete ser tão ruim quanto Max (Marcello Novaes), marido de sua personagem Ivana em 'Avenida Brasil' e revela que, mesmo com o sucesso, continua utilizando transporte público

Paola Donner Publicado em 28/04/2013, às 14h03 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Letícia Isnard - Caio Duran e Thiago Duran / AgNews
Letícia Isnard - Caio Duran e Thiago Duran / AgNews

O sucesso de Avenida Brasil ainda se reflete na carreira da atriz Letícia Isnard (39). Intérprete de Ivana na antiga novela das 9 da Globo, ela promete descontar toda a raiva que sua personagem passou com Max (Marcello Novaes) nas cenas de Sangue Bom, folhetim da faixa das 7 que irá substituir Guerra dos Sexos à partir de 29 de abril, na pele de Brenda.

“Ela é oposto da Ivana, é praticamente o Max de saia! Aprendi toda a vilania com e estou com ressentimento para colocar para fora. Vou me vingar do Max, mas em outra novela”, disse ela em entrevista à CARAS Online. “Ela é muito diferente da Ivana e isso está sendo maravilhoso porque quando você faz um papel que tem muita repercussão, as pessoas tendem a te dar um personagem parecido, mas agora não, me deram um completamente diferente”.

Porém, apesar do sucesso, Letícia não abre mãe de uma coisa: continuar utilizando o ônibus e metrô para se locomover pelo Rio de Janeiro, onde mora. “Não entendo porque as pessoas deixam de usar o transporte público só porque estão na televisão. Quando você é protagonista é complicado mesmo, mas, no mais, acho que não tem problema nenhum”, acrescentou ela, que adora sentir o retorno e o carinho do público. “Algumas pessoas me reconhecem e me abordam, mas a maioria fica olhando, tentando ter certeza se sou eu mesmo andando de metrô ou de ônibus. No meu caso, a aproximação das pessoas é tão carinhosa que é muito tranquilo quando reconhecem”.

Para interpretar Brenda, a atriz precisou repaginar o visual. Porém, apesar de aparentar estar mais magra, ela nega que tenha perdido peso. “Cortei o cabelo, mas estou com o mesmo peso de antes. Todo mundo fala que eu emagreci, mas estou com o mesmo peso. Isso é para você ver o que o HD [high definition – alta definição, em tradução livre] faz com a pessoa. Eu costumo dizer que HD é high destruction, porque achata e engorda. Ainda mais quem tem quadril largo, que é quem mais sofre”.

Desencanada com a aparência, a artista dispensa o uso frequente de maquiagem, com exceção de quando está gravando, e não se importa em ser flagrada de cara limpa. “Sou vaidosa, mas nada exagerado. Não me importo de ser flotografada sem maquiagem porque olheira é uma coisa que todo mundo tem e eu costumo dizer que sou uma panda [risos]”, finalizou.

Sangue Bom, que estreia dia 29 de abril, é a segunda novela de Letícia Isnard na Globo.