Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Depp: desculpa por polêmica declaração

Johnny Depp desculpou-se da declaração que fez para a revista Vanity Fair (que traz o ator em sua capa). “Estou profundamente arrependido”, disse. Para a publicação, astro comparou o ato de ser fotografo com estupro e recebeu críticas

Redação Publicado em 05/10/2011, às 14h57 - Atualizado em 08/08/2019, às 15h43

Johnny Depp - Getty Images
Johnny Depp - Getty Images

A afirmação de Johnny Depp (48), em que comparou ser fotografado com estupro, à revista norte-americana Vanity Fair deixou o ator em uma verdadeira saia justa. Depois da declaração, o astro recebeu muitas críticas - incluindo a RAINN (Rape, Abuse & Incest National Network), instituição que cuida de vítimas de abusos sexuais - por ter se expressado mal na entrevista.

“Fotos podem ser invasivas, mas nunca poderiam ser comparadas com um crime sexual”, alegou um representante da instituição.

Em sua defesa, Depp resolveu se pronunciar ao blogueiro Perez Hilton, que publicou na íntegra a resposta do ator. Ao invés de ficar se explicando, o galã assumiu que escolheu as palavras erradas e pediu desculpas.

“Estou profundamente arrependido de ter ofendido alguém de alguma maneira. Não quis dizer aquilo. Foi uma escolha terrível de palavras da minha parte para expressar um sentimento que tenho [ao ser fotografado]. Entendo que não exista comparação alguma e me sinto arrependido. Como forma de corrigir meu erro, peço que aceitem, de coração, as minhas desculpas”.

Segundo o blog de Perez, os representantes de RAINN aceitaram as desculpas do astro.