Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Estrelas à beira de um ataque de nervos: veja as celebridades que não aguentaram a pressão e quase entraram em colapso

Relembre os casos das famosas que tiveram crises de 'cansaço e estresse', assim como as atrizes Demi Moore e Kirsten Dunst, e as cantoras Britney Spears, Selena Gomez, Rihanna e Mariah Carey

Redação Publicado em 27/01/2012, às 19h11 - Atualizado em 08/08/2019, às 15h43

Estrelas à beira de um ataque de nervos - Getty Images
Estrelas à beira de um ataque de nervos - Getty Images

É cada vez mais frequente as celebridades internacionais ganharem destaque por se internarem em clínicas de reabilitação para tratamento psicológico. O caso mais recente é o de Demi Moore (49), que, segundo seus assessores, buscou auxílio médico por conta de exaustão e para cuidar de sua saúde.

Recém-divorciada de Ashton Kutcher (33), a atriz estaria sofrendo de anorexia e, de acordo com a imprensa internacional, teria inalado ‘alguma coisa’ antes de precisar ter sido levada às pressas a uma clínica de Los Angeles, apresentando um quadro de convulsões.

Mas Demi não está sozinha entre as celebridades. Algumas colegas de Hollywood também precisaram largar tudo o que estavam fazendo para cuidar da saúde mental. É o caso da atriz Kirsten Dunst (29), que em 2008 passou uma temporada em uma clínica de reabilitação para se recuperar de uma depressão.

Em junho de 2011, a jovem cantora Selena Gomez (19) também foi hospitalizada por conta de náuseas e fortes dores de cabeça. O motivo? Novamente cansaço físico e estresse. O mesmo aconteceu com Rihanna (23), que  cancelou parte de sua turnê europeia em dezembro, alegando exaustão.

As histórias se repetem com motivos diferentes. Britney Spears (30), Mariah Carey (41), Susan Boyle (50), Ashlee Simpson (27), Lindsay Lohan (25) e Lady Gaga (25) também já chegaram à beira de um colapso nervoso. Confira a galeria acima do texto e relembre os casos.