Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Elenco da microssérie 'Xingu' se reúne no Rio para apresentar atração que será exibida na Globo

Baseada no filme de Cao Hamburger, a microssérie 'Xingu' mostrará a saga dos irmãos Villas-Bôas, criadores do Parque Nacional do Xingu, em quatro capítulos a partir do dia 25, na Globo

Redação Publicado em 10/12/2012, às 14h03 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Cao Hamburger, Maria Flor, Caio Blat, Felipe Camargo, Guel Arraes e João Miguel - AGNews
Cao Hamburger, Maria Flor, Caio Blat, Felipe Camargo, Guel Arraes e João Miguel - AGNews

Protagonistas da microssérie ‘Xingu’ -  que a Globo apresentará em quatro capítulos a partir de 25 de dezembro  – Caio Blat (32), Felipe Camargo (52) e João Miguel (42),  e Maria Flor (29), que também integra o elenco, participaram da entrevista coletiva da atração na manhã desta segunda-feira 10, no Espaço Itaú de Cinema, Rio. Dirigida por Guel Arraes (58), a versão televisiva do filme de Cao Hamburger (50), mostrará a saga dos irmãos Villas-Bôas, criadores do Parque Nacional do Xingu, e um marco na defesa dos direitos dos povos indígenas.

Guel Arraes ressaltou que considera muito interessante poder  levar a linguagem do cinema para a televisão através das séries.  “Assim conseguimos levar essas histórias para um número maior de pessoas ”.

Felipe Camargo, que interpretará Orlando,  contou que passou três meses no Xingu, vivendo em cidades próximas, e diz ter aprendido muito convivendo com os índios. “É impressionante a  criação que eles dão aos filhos. Na infância as crianças podem tudo, já a adolescência é um período de clausura e aprendizado. Nesse momento eles ficam bem próximos dos filhos”. E completou:  “Na nossa sociedade, os pais ficam mais afastados, por considerarem um período difícil, não conseguem manter o diálogo com os filhos. Espero ter aprendido muito com essa convivência”.

Caio Blat, que viverá Leonardo, acredita que a microssérie servirá como uma espécie de homenagem que ele prestará a um tio que participou de várias expedições. “Ele levava atendimento médico-dentário, esse trabalho acabou sendo uma homenagem que  prestei a ele”. Caio contou que o período em que esteve na região gravando a microssérie foi bastante difícil para ele. O elenco ficava em lugares isolados e sem qualquer comunicação. “Eu estava com meu filho recém-nascido, fiquei muitos dias sem ter notícias dele e da minha mulher”, disse, referindo-se à atriz Maria Ribeiro.  “Foi a experiência mais forte que vive e valeu muito a pena”.

Uma das poucas mulheres no elenco, Maria Flor brincou dizendo que conseguiu se impor num ambiente essencialmente masculino. “Foi muito bacana, consegui me impor de igual pra igual”, disse, rindo, entre os colegas.