Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Amanda Seyfried, que sofre de TOC, afirma que o transtorno não atrapalha seu trabalho

Amanda Seyfried diz que enfrenta o diagnóstico de TOC de forma positiva. Atriz também releva que Channing Tatum, seu colega em ‘Querido John’ e eleito o homem mais sexy do ano, é muito fiel à sua mulher

Redação Publicado em 11/12/2012, às 19h13 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Amanda Seyfried - Getty Images
Amanda Seyfried - Getty Images

Amanda Seyfried (27) revelou em entrevista que está lidando bem com seu transtorno obsessivo compulsivo (TOC). A atriz já havia contado que sofria de ataques de pânico por ter crescido em frente às câmeras – do cinema e dos paparazzi – e atualmente toma medicamentos para controlar a ansiedade. 

Não sinto que estou lutando contra isso. Eu acho que o TOC é uma parte de mim que me protege. Também é a parte de mim que eu uso para o meu trabalho de uma maneira positiva”, confessou ela. “A única coisa que eu gostaria de superar é o meu medo de dirigir em pontes e atravessar túneis. Eu não consigo vencer esse medo”.

E parece que o transtorno não está mesmo afetando em nada a carreira da atriz. Amanda, que irá estrear o esperado Os Miseráveis em breve, coleciona sucessos em sua carreira, como Mamma Mia! e Querido John, no trabalhou com Channing Tatum (32), eleito recentemente o homem mais sexy do ano

Channing é incrível. Ele é um astro”, disse a atriz em uma entrevista à InStyle sobre seu par romântico no longa. “Todo mundo quer fazer sexo com ele e a única pessoa com quem ele quer se deitar é com sua mulher, Jenna. Ele é um marido superfiel”.

Mas enquanto seu colega encontrou a felicidade no casamento, Amanda admitiu que não tem tanta sorte. “O que acontece é que eu não posso sair com ninguém que os tabloides retratam como uma coisa séria. É um saco!”, contou. “Por exemplo, Josh Hartnett e eu somos amigos, a gente sai junto e já namoramos, mas não faço sexo com todos os homens com quem tenho contato”.

Outra pessoa com quem Amanda atuou que está chamando bastante atenção é Anne Hathaway (30). A atriz cortou seu cabelo bem curtinho e passou por uma dieta severa para perda de peso por conta de seu papel em Os Miseráveis

Eu teria feito isso, com certeza”, opinou ela sobre o corte de cabelo de Anne, mas é só isso. “Porém, não perderia ou ganharia peso para um papel. Eu me preocupo demais com minha saúde. E eu também acho que não conseguiria emagrecer porque não conseguiria seguir esse tipo de dieta. Eu enlouqueceria”.

Já para o papel de Linda Susan Boreman (1949-2002), mais conhecida como Linda Lovelace, ela teve que se preocupar com o corpo, mas isso não foi um problema. Amanda será a protagonista do filme Lovelace, que conta a história da estrela do cinema pornográfico que se tornou famosa na década de 70.

Não é meu corpo. Não sou eu”, disse sobre as cenas de nudez. “Você está interpretando outra pessoa. Você não vai acreditar em uma cena de amor se as pessoas estiverem de roupa. Você não vai acreditar em uma stripper que está o tempo todo de calcinha e sutiã. Ao mesmo tempo também tem a ver com se você se sente confortável deixando outras pessoas verem a sua pele. Pra mim, tudo bem”.

Os Miseráveis tem estreia prevista no Brasil para fevereiro de 2013 e Lovelace para julho de 2013.