Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
TV / desabafo

Pedro Bial recorda depressão: ''A minha fase crítica durou uns seis meses''

Pedro Bial participa do 'Quebrando o Tabu' e recorda depressão: ''Não é frescura''

CARAS Digital Publicado em 06/08/2019, às 08h35 - Atualizado às 08h43

Pedro Bial - Globo/Estevam Avellar
Pedro Bial - Globo/Estevam Avellar

Pedro Bialparticipou na noite desta segunda-feira, 5, da estreia da nova temporada do Quebrando o Tabu, no GNT. 

Durante o programa, o apresentador da TV Globo revelou já ter tido depressão. 

"Eu nunca tinha tido um episódio de depressão, quando na virada dos 40 anos, fatos externos muito tristes e traumáticos me levaram ao estado depressivo", contou ele. 

O global reforçou também a importância de se tratar a doença como algo real: "Chame de doença mental, chame de sofrimento psíquico, chame de patologia psicológica/psiquiátrica, chame como quiser, mas a reconheça como um joelho quebrado, uma dor de barriga. Ninguém fica com vergonha de tomar remédio para dor de barriga e sair cagado por aí".

Mesmo hoje, já tendo superado a pior fase, Bial confessou que passa por momentos onde é necessário buscar ajuda. 

"Eu vejo uns sinais de depressão aparecendo, já tomo algumas medidas. As coisas que as pessoas falam para os deprimidos são muitos infelizes, depressão não é frescura. A minha fase crítica durou uns seis meses, mas o processo todo quase dois anos, entre cair e levantar. Não é de uma hora pra outra", declarou ele.