Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARAS
TV / Acidente

Mara Maravilha chora muito em entrevista sobre acidente de Gugu: ''Se existe 1%, vamos ter fé''

Em entrevista, Mara Maravilha não segura ás lágrimas e chora ao falar de Gugu Liberato

CARAS Digital Publicado em 22/11/2019, às 18h01 - Atualizado às 18h01

Mara Maravilha chora muito durante entrevista sobre Gugu - Reprodução/Instagram
Mara Maravilha chora muito durante entrevista sobre Gugu - Reprodução/Instagram

Mara Maravilha deu uma entrevista ao TV Fama na noite da última quinta-feira, 21, sobre o trágico acidente doméstico de Gugu Liberato.

Ao lado da bispa Sônia, a apresentadora deu seu depoimento sobre o assunto e apareceu muito abalada e emocionada.

"Que seja feito o melhor para o Gugu. Que o melhor para ele aconteça. Que nenhum de nós seja tomado de nenhum egoísmo. Que o plano de Deus se cumpra na vida dele", dizia a religiosa enquanto a morena não segurava a emoção.

Quase sem conseguir falar tomada pela emoção e às lágrimas, Mara fez questão de falar: "Quero agradecer a Deus por ter tantas pessoas especiais na minha vida, como o Augusto [Gugu]. O Gugu é um pai de 3 filhos, tem uma família constituída, que é prioridade. Ele tem uma mãe, de 90 anos".

Ela ainda afirmou que continue tendo esperanças na melhora do amigo. "Ainda não se tem um veredito e o último quem dá é Deus. Se existe 1%, nós vamos ter fé. Mas se forem descartados os 100%, nós vamos continuar tendo fé no mesmo Deus".

Maravilha seguiu dizendo que se comunicou com diversos colegas de trabalho, de diferentes emissoras e que o Brasil todo está nessa corrente de oração.

"Eu não podia perder essa oportunidade para falar uma única coisa: viver é Cristo e até para quem está em Cristo, eu acredito que independente das nossas diferenças de religião, Deus não é religião, Deus é amor e Gugu deixou um legado de amor. Viver é Cristo e morrer para quem está em Cristo é lucro. Que seja feita a vontade de Deus", finalizou às lágrimas.