Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARAS

Caio Castro fala sobre rumores de romance com Maria Casadevall: Se tivesse rolado eu falaria

Em entrevista para Marília Gabriela, Caio Castro fala sobre 'Amor à Vida', o início da carreira em 'Malhação' e relembra as férias em que viajou para 23 países

CARAS Online Publicado em 04/09/2013, às 18h42 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Caio Castro e Marília Gabriela - Márcia Alves
Caio Castro e Marília Gabriela - Márcia Alves

O ator Caio Castro é o próximo entrevistado do programa Marília Gabriela Entrevista, do GNT, e abriu o seu coração sobre os rumores de um romance com a atriz Maria Casadevall, com quem vive um par romântico em Amor à Vida. O artista faz questão de ressaltar que os dois são apenas amigos e colegas de profissão. “Se tivesse rolado eu falaria. É óbvio que ela é uma mulher interessante, mas para por aí”, declarou ele, que ainda comentou a sua relação com a fama. “Se eu estou ficando com alguém, se eu estou conhecendo alguém, já estou namorando e pretendendo casar semana que vem. Tudo é aumentando”, disse.

+Caio Castro e Rodrigo Andrade vão morar juntos; conheça o projeto da casa

Caio ainda falou sobre o sucesso de seu personagem na novela das 9, o doutor Michel. “De fato, ele tem um apelo sexual muito grande e mexe com a libido das pessoas, tanto homens quanto mulheres”, disse.

Durante a entrevista, o ator relembrou o início de sua carreira na TV, quando venceu um concurso para entrar no elenco de Malhação, em 2007. “Meu dinheiro era apertado, tinha R$ 200 para ir e para voltar. E a passagem era R$ 80, me sobrava R$ 40”, comentou ele, que, atualmente, vive em melhores condições financeiras e tenta ajudar a sua família. “Meu pai era comerciante, tinha uma vidraçaria. Minha mãe era secretária, trabalhava em um clube em São Paulo, e a minha avó faz unhas. Ela se recusa a parar”.

+Caio Castro e Maria Casadevall brincam em foto

Caio Castro ainda conta sobre a viagem de férias que fez nos últimos tempos e teve a chance de passar por 23 países, se hospedar em albergues e sentir novamente como é ser uma pessoa comum. “Eu queria a experiência de me sentir normal mais uma vez, porque do dia para a noite as pessoas me conheciam. Do dia para a noite, eu tinha responsabilidade que eu não havia tido antes (...). Eu consegui respirar”.

A entrevista irá ao ar no próximo domingo, 8, às 22h, no GNT.

+Sem camisa, Caio Castro retoca tatuagem em estúdio de São Paulo e faz cara de dor