Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Revista / Entrevista

Leona Cavalli afirma: ‘Nós estamos vivendo tempos exigentes'

A atriz Leona Cavalli celebra volta às novelas em Terra e Paixão e afirma viver fase de autossuperação

Mariana Silva

por Mariana Silva

mariana.silva@editoracaras.com.br

Publicado em 18/09/2023, às 08h47

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Leona Cavalli em entrevista na Revista CARAS - FOTOS: JULIANA COUTINHO
Leona Cavalli em entrevista na Revista CARAS - FOTOS: JULIANA COUTINHO

A chegada da idade nunca foi problema para Leona Cavalli. Aos 53 anos, a atriz carrega a motivação e a sabedoria necessárias para respaldar suas conquistas pessoais e profissionais que, por sinal, não são poucas. “É um momento de autossuperação”, define ela. O passar do tempo, aliás, tem sido o responsável por boa parte de seus feitos, entre eles, a chance de voltar às novelas como Gladys, na
global das 9, Terra e Paixão, após quatro anos longe da telinha. “Tem sido uma felicidade! Primeiro pelo reencontro com muita gente que adoro e admiro: os autores Walcyr Carrasco e Thelma Guedes, o diretor Luiz Henrique Rios, vários colegas queridos e equipe com quem já trabalhei. Também sinto que todo o elenco está feliz em fazer a novela. Desde a preparação, tivemos uma rede de afeto grande, que se mantém nas cenas e nos bastidores”, conta ela, radiante com o desafio.

Com quase 30 anos de uma carreira consolidada, Leona reflete sobre seus aprendizados e a maneira como a arte influenciou sua evolução. “Entre tantas coisas, aprendi sobre amar tanto a luz como a sombra do ser humano por meio das personagens e ir além dos preconceitos, respeitar as diferenças e considerá-las como riquezas”, diz ela, que ainda pode ser vista na série O Rei da TV, no Star+ e, em breve, no longa A Cerca. Parece pouco? Ela ainda abraça outros três projetos no teatro.

– Você define esta como uma de suas melhores fases. Por quê?
– Estou com uma consciência maior, com saúde pessoal e familiar, fazendo o que amo e com muitos projetos. Por outro lado, é um momento de autossuperação, pois, coletivamente, estamos vivendo tempos exigentes, o que nos pede a decisão constante de ir além da nossa zona de conforto.

– Essa consciência tem a ver com a maturidade?
– Com certeza. Defino como um momento de crescimento. Pessoal, profissional e espiritual.

Leona Cavalli em entrevista na Revista CARAS

– Você está com 53 anos. Qual a melhor parte de ser uma mulher na maturidade?
– A melhor parte de ser uma mulher madura é a expansão da consciência da vida.

– Já enfrentou algum tipo de crise por conta da idade?
– Curiosamente, sempre me senti com mais idade do que tinha. Preferia conversar com pessoas mais velhas. O meu primeiro namorado, por exemplo, tinha o dobro da minha idade, muitos amigos também. Então, de certa forma, sinto que estou mais à vontade comigo mesma agora. Por isso, não tenho crise, considero a passagem do tempo inevitável e até desejável, porque significa vida longa.

– E qual o segredo para encarar o tempo com tanta leveza?
– Ter a mente e o coração em paz. Optar por viver, inclusive, os desafios, de forma não violenta, faz toda a diferença.

– Atualmente, se considera uma mulher mais carinhosa ou mais crítica consigo mesma?

– O amor-próprio é uma conquista. Procuro ser mais carinhosa comigo e ter bom humor, claro. Procuro não levar a sério meu próprio julgamento.

Leona Cavalli em entrevista na Revista CARAS

– A questão estética permeia o meio artístico. Pela profissão, sente algum tipo de cobrança?

– Ser atriz pede uma prontidão física e psíquica para poder interpretar qualquer tipo de papel. Isso passa também pela estética, mas isso não é o principal. O essencial mesmo é se sentir bem com o seu corpo. Eu me sinto.

– Para se sentir bem, de quais cuidados não abre mão?

– Faço, diariamente, uma série de exercícios tibetanos para alinhamento dos chacras, sou vegetariana há anos, e tenho uma excelente dermatologista! Também não abro mão do cuidado com a minha alimentação, com a hidratação e com a minha pele.

– São 29 anos de carreira. Como enxerga esse marco?

– Sempre encarei o meu ofício como um processo constante de aprendizado e de descobertas. Eu continuo assim, com curiosidade de aprender e experimentar coisas novas. Uma atriz nunca está totalmente pronta, sempre a interpretação do ser humano nos surpreende, somos imprevisíveis.

– Você chegou a fazer uma peça na qual falava sobre a busca do amor na meia-idade. Hoje, qual é a sua visão sobre o amor?

– O amor é fundamental, em tudo e em todos. É a nossa essência, por isso, nós não vivemos sem.

– Está solteira?

– Não estou casada, mas não estou sozinha!

– Quais são os seus próximos passos profissionais?

– Tenho muitos projetos e sonhos. Quando terminar a novela, tenho três peças a fazer: a continuidade de Elogio da Loucura, Fausto e Ser Artista, inspirada no livro de grande sucesso do autor Marcus Montenegro.

Leona Cavalli em entrevista na Revista CARAS

Leona Cavalli em entrevista na Revista CARAS

Leona Cavalli em entrevista na Revista CARAS

Leona Cavalli em entrevista na Revista CARAS

Leona Cavalli em entrevista na Revista CARAS

FOTOS: JULIANA COUTINHO; STYLING: SAMANTHA SZCZERB; BELEZA: ZUH RIBEIRO; AGRADECIMENTOS: HOTEL PESTANA RIO, TVZ, INDEX, GUTE, NAYANE, NOÊMIA JOIAS

View this post on Instagram

A post shared by CARAS (@carasbrasil)