Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Poderoso casamento de Djalma e Priscila em Goiânia

Advogados selam amor em soirée milionária ao som de Anitta e Tiago Abravanel

Laís Rissato Publicado em 11/07/2016, às 09h28

Os noivos com os cantores Tiago Abravanel e Anitta - LINCONL IFF
Os noivos com os cantores Tiago Abravanel e Anitta - LINCONL IFF

Uma história de amor construída à moda antiga e cheia de romantismo desde o seu início, há um ano e meio, permeou a união dos advogados Djalma Pereira de Rezende (62) e Priscila Maura de Carvalho (24), que se casaram em uma festa digna de contos de fadas em Goiânia. Com uma carreira bem-sucedida no direito agrário, Djalma não economizou e fez questão de organizar uma festa luxuosa, elegante e milionária para cerca de 1300 convidados, em um tradicional clube da cidade. “Foi um sonho! Se pudesse, faria tudo de novo. Priscila é uma pessoa maravilhosa, linda por dentro e por fora, cuida de mim. Muitos me criticaram por eu ter feito uma festa assim, falaram que é uma extravagância. Eu chamo de realização. Costumo dizer que sou mais ‘interesseiro’ em ficar com Priscila do que ela comigo. Se tenho dinheiro para oferecer, ela tem a juventude, a dedicação e o carinho comigo. Isso vale mais que dinheiro”, disparou, bem-humorado, Djalma, que gastou cerca de oito milhões de reais entre a cerimônia e a festa. No amplo salão, onde foi montada a nave para a celebração religiosa, o piso por onde Priscila entrou de mãos dadas com o pai, Valdenir Carvalho da Silva (53) para ir de encontro ao amado ao som da Marcha Nupcial, de Mendelssohn (1809–1847), era todo espelhado. A decoração, em branco, verde e dourado, este último o tom preferido do noivo, contou com cerca de 70000 flores diversas, como rosas, hortênsias e mosquitinhos, além de 21000 orquídeas e 70 lustres de cristais. “Sinto-me a mulher mais feliz do mundo. Djalma sempre foi muito respeitador. Nos conhecemos há três anos, mas só fomos nos reencontrar dois anos depois. Pedi para que ele fosse conhecer meus pais antes de namorarmos. Pediu, então, minha mão em noivado para meu pai”, disse Priscila, com vestido de Junior Santaella bordado com cristais e véu de oito metros, e usando solitário e brincos de brilhante, presentes do amado.

Após o enlace, o par abriu a pista com La Valse de L’Amour, de Édith Piaf (1915–1963) sob olhar de familiares e amigos como o governador de Goiás, Marconi Perillo (53), com sua bela Valéria Perillo (52), o presidente da Record, Luiz Claudio Costa (49), com a eleita, Patricia Costa (43), chique, de negro, e a joalheira Miranda Castro com o marido, Gilvan Máximo. Durante a festa, foram servidas aos convidados 800 garrafas de vinho italiano, 700 de champanhe e 300 de uísque. Aos padrinhos, foram oferecidas 20 garrafas do vinho Château Ausone 1999, ao preço de 8000 reais cada. Com shows de Tiago Abravanel(28) e Anitta (23), a boda teve ainda 15 minutos de queima de fogos. “Não tenho como estar mais feliz. Foi perfeito. Gastei muito dinheiro? Sim. Mas percebi que realmente valeu a pena. Sei que sou admirado por várias pessoas. Sou um homem feliz”, concluiu Djalma, realizado.