Música guerra na web

Desabafo de Taylor Swift contra empresário é contestado por Bieber e Demi Lovato e vira briga na web

Justin Bieber
Justin Bieber reprodução/Instagram


Venda de gravadora resulta na 'perda' dos primeiros 6 álbuns de Taylor Swift; Scotter Brown é o novo dono

Taylor Swift resolveu abrir o coração e revelar os bastidores por trás do seu sucesso musical e contou alguns detalhes contratuais envolvendo suas músicas e criações desde o início de sua carreira. 

A cantora americana firmou contrato aos 15 anos com a gravadora Big Machine Records. Ao assinar termos na época, ela acabou concordando que todo o material produzido por ela seria administrado e possuído pela empresa. 

A loira afirma ter implorado para comprar suas próprias letras nos últimos anos. A proposta foi recusada pela gravadora e a Big Machine Recordas acabou sendo vendida para Scooter Brown, o empresário de Justin Bieber. 

Acontece que a cantora não tem um passado muito amigável com Scooter. Segundo Taylor, ele chegou a praticar Bullying contra ela após episódios envolvendo Kim Kardashian e Kayne West.

“Por anos, eu pedi, implorei para ter a chance de ser dona do meu próprio trabalho. Ao invés disso, eu recebi a oportunidade de assinar de novo com a Big Machine Records e ‘merecer’ um álbum de cada vez, um para cada novo que eu entregasse. Eu não aceitei porque eu sabia que, assim que assinasse o contrato, Scott Borchetta venderia a gravadora, e assim, venderia eu e meu futuro. Eu tive que fazer a escolha excruciante de deixar para trás todo o meu passado. Músicas que eu escrevi no chão do meu quarto e vídeos com os quais eu sonhei e paguei com o dinheiro que ganhei tocando em bares, depois clubes, depois arenas, e então estádios. Alguns fatos curiosos sobre as notícias de hoje: Eu soube da compra do meu trabalho por Scooter Braun conforme foi anunciado para o mundo. Tudo o que eu conseguia pensar era o bullying incessante e manipulador que eu recebi das mãos dele ao longo dos anos”, contou ela.

O desabafo continua: “Como na vez em que Kim Kardashian orquestrou e gravou ilegalmente o trecho de uma ligação de telefone para ser vazada, e depois Scott juntou seus dois clientes juntos para fazer bullying comigo online (vejam a foto). Ou quando o cliente dele, Kanye West, organizou um videoclipe de “revenge porn”, que deixou meu corpo nu. Agora, Scooter tirou de mim o trabalho da minha vida inteira, o qual eu não recebi a oportunidade de comprar. Essencialmente, o meu legado musical está prestes a cair nas mãos de alguém que tentou destrui-lo”.

Justin Bieber, agenciado por Brown, saiu em defesa do colega e chegou a questionar a real rivalidade entre ambos. 

"Primeiro de tudo, gostaria de pedir desculpas por fazer aquela postagem maldosa no Instagram. Na hora pensei que era engraçado, mas olhando para trás foi desagradável e insensível. Ele (Scooter) não tinha nada a ver com isso e não era mesmo uma parte da conversa. Ele mesmo me disse que não era para brincar com coisas assim. Scooter lhe protegeu desde o dia em que você, grandiosamente, me deixou abrir seus shows. Você trazer isso à tona nas redes sociais e fazer com que as pessoas o odeiem não é justo. O que você estava tentando fazer postando este texto? Parece que isso tudo foi para obter simpatia e uma maneira de fazer com que os seus fãs ataquem Scooter. Tenho certeza de que Scooter e eu gostaríamos de conversar com você e resolver qualquer conflito, dor ou quaisquer sentimentos que precisem ser abordados. Nem Scooter, nem eu temos algo negativo a dizer sobre você, nós realmente queremos o melhor para você. Eu normalmente não rebato coisas como essas, mas quando você tenta manchar o caráter de alguém que eu amo, você está cruzando um limite", escreveu o cantor.

Demi Lovato também resolveu entrar na guerra de textos envolvendo Brown e defendeu o empresário.

"Eu tenho lidado com pessoas más nesta indústria e Scooter não é um deles. Ele é um bom homem. Pessoalmente, estou grata por ele ter vindo à minha vida quando o fez. Por favor, pare de denegrir as pessoas ou intimidá-las. Há ódio suficiente neste mundo. Vocês podem vir atrás de mim o quanto quiserem, mas eu sempre serei leal à minha equipe. Eu valorizo a lealdade mais do que a maioria das pessoas neste mundo, e se meu nome vai ser envolvido em conversas eu vou me levantar por mim e pelos membros da minha equipe", disse em seu Instagram Stories. 

Por fim, ainda em seu desabafo, Taylor contou que já está envolvida com outra gravadora e se disse "Triste e enojada" com toda a situação.

"Ainda bem que agora eu assinei com uma gravadora que acredita que eu mereço ser dona de qualquer coisa que criar. Ainda bem que eu deixei meu passado nas mãos do Scott, e não o meu futuro. E, com sorte, jovens artistas ou crianças com sonhos no mundo da música lerão isso e aprenderão mais sobre como se protegerem melhor em uma negociação. Você merece ser dono da arte que você faz. Eu sempre vou ter orgulho do meu trabalho passado. Mas, por uma opção mais saudável, ‘Lover’ será lançado dia 23 de agosto. Triste e enojada, Taylor", finalizou.

por CARAS Digital
Atualizado segunda 1 julho, 2019 (323215) | 17/09/2019 11:08:03

Mais conteúdo sobre:

ASSINE E GANHE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

  1. 1 Equipe do programa surpreendeu a apresentadora no dia de seu aniversário Fátima Bernardes é surpreendida pela equipe do Encontro
  2. 2 Taylor Swift fará shows no Brasil em 2020
  3. 3 Andressa Suita ostenta look grifado no valor de R$ 11 mil
  4. 4 Camilla Camargo posta foto real de amamentação do filho
  5. 5 Diretor de A Fazenda revela novidades da nova edição
  6. 6 Felipe Neto revela ter tirado sua mãe do país
  7. 7 Maisa e Fernanda Gentil causam em pré-estreia de filme
  8. 8 Paolla Oliveira tira a roupa e seduz na pele da Vivi Guedes
  9. 9 Claudia Leitte faz registro amamentando a filha e encanta
  10. 10 Carolina Dieckmann agradece apoio em seu aniversário