Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Moda / Exclusiva

Miss Amazonas fala sobre o legado que quer deixar caso seja eleita Miss Universo Brasil 2022

Após ser coroada Miss Universo Amazonas 2022, Rebeca Portilho chega ao Top 5 do Miss Universo Brasil

Isabela Thurmann Publicado em 11/07/2022, às 13h33

Rebeca Portilho conversa com a CARAS Digital sobre ter sido eleita Miss Universo Amazonas 2022 - Divulgação
Rebeca Portilho conversa com a CARAS Digital sobre ter sido eleita Miss Universo Amazonas 2022 - Divulgação

Neste ano, Rebeca Portilho (23) foi coroada Miss Universo Amazonas 2022! E, com isso, adentrou o Top 5 do Miss Universo Brasil.

Para a CARAS Digital, a modelo contou como está se sentindo por estar representando seu estado na competição e revelou qual legado quer deixar caso ganhe a próxima fase.

“Uma honra e um orgulho enorme”, respondeu a bela ao ser questionada sobre sua coroação. “Eu considero essa oportunidade uma benção na minha vida, pois essa plataforma me dá a visibilidade que eu preciso para o meu propósito que é influenciar outras meninas/mulheres a tomarem seu lugar na sociedade, acreditando em seu potencial; e também, dá voz a preservação do meio-ambiente que é de extrema importância para o equilíbrio do nosso planeta”.

Portilho falou de suas expectativas sobre as próximas fases da premiação. “Minha maior expectativa é trazer o terceiro título de Miss Universo Brasil para meu estado e poder ter a oportunidade de trabalhar com a coordenação nacional para alcançarmos, juntos, objetivos ainda maiores”, disse.

Ela também opinou sobre o mundo ‘Miss’ no geral. “O universo ‘Miss’ para mim é representatividade”, pontuou. “É uma plataforma para o compartilhamento das nossas idéias e ideais, experiências, e nossas causas. Para mim representa crescimento, mudança e esperança de que podemos sim mudar o mundo através de nossas ações e como representante do nosso país”, prosseguiu Rebeca.

“A Miss Brasil tem que ser uma mulher autêntica em tudo que ela faz, ela deve ser voz para sua causa e representatividade para suas comunidades”, falou ao ponderar o que a grande vencedora da competição deste ano tem que ser e ter. “Na minha opinião, uma Miss tem que ter humildade para continuar aprendendo e evoluindo sempre, respeitando todos à sua volta e dando seu melhor sempre”.

É claro que a modelo não deixou de contar sobre as causas que defende. “Eu defendo a preservação do meio-ambiente. Temos apenas um planeta no qual vivemos, preservar e proteger nossa floresta é vital para o equilíbrio do ecossistema e evitar o aquecimento global. Eu como representante do Amazonas, mulher amazônida, quero ser voz para essa causa de extrema importância. Eu amo meu estado, minhas raízes e a natureza, então é meu dever cuidar dele”, afirmou.