Rafael Calomeni fala de seus novos desafios atuando no teatro e no cinema

Na Ilha de CARAS, o galã mostra a harmonia com a mulher e o filho e fala com entusiasmo de sua volta aos palcos vivendo um personagem gay

sexta 16 maio, 2014
Rafael Calomeni e família
Rafael Calomeni e família -

Em meio a brincadeiras à beiramar com o filho, Matheus (3), e a mulher, a dentista Flávia Belchior (34), o ator Rafael Calomeni (41) celebra na Ilha de CARAS uma fase de harmonia pessoal e conquistas profissionais. “Claro que acontecem percalços, mas tenho uma vida muito feliz”, destaca. Pai orgulhoso, ele não cansa de elogiar a personalidade de Matheus. “Meu filho já viajou com a gente de carro pelo Canadá, de trem pela Europa. Não tem frescura. Agora, eu o ensino a andar de skate”, conta o ator. “Eu digo que o amo o dia inteiro. Pergunto: ‘O que você é do papai?’ E ele responde: ‘O be?bezão, mas não conta pra ninguém!’”, acrescenta.

Considerado um dos atores mais bonitos de sua geração, Rafael pratica regularmente corrida, surfe e boxe. “Me sinto tão vivo!  Quando algo não dá certo, não fico lamentando, parto para outra coisa. O que o torna jovem é a cabeça. Só me alimento de positividade”, garante ele, que iniciou a carreira, como modelo, aos 15 anos. Já na TV, atuou em novelas como Mulheres Apaixonadas e Sete Pecados, na Globo, e Ribeirão do Tempo e Balacobaco, na Record. “A busca do ator para se aprimorar e encontrar bons projetos não para nunca. Já fui criticado por aceitar papéis como o do vilão superpoderoso Órion, em Mutantes, mas faço com dedicação, dignidade e me divirto. Se a gente se arriscar, pode se surpreender”, constata.

Mais Notícias

O teatro também tem trazido alegrias a Rafael. Após o êxito na comédia Homens no Divã, em 2013, ele vai participar, em junho, do projeto cultural Porto de Memórias, e, no segundo semestre, viverá nos palcos um homossexual que quer voltar a ser hétero. “Já estou aprendendo a diferença entre ‘boy magia’ e ‘bofe escândalo’. É muito vocabulário! O roteiro é maravilhoso, com zero de preconceito, você ri pela identificação dos acontecimentos diários, não de coisa besta”, explica sobre o texto de A Difícil Arte de Ser Homem, de Miriam Palma, a autora de Homens no Divã. “Como tenho essa questão muito masculina, do galã, às vezes pegador, vai ser muito bom interpretar esse personagem. Meus papéis sempre foram romanceados. Além disso, é um universo bem diferente do meu”, fala ele, que roda no fim do ano o Beja – O Filme, dirigido por Débora Torres (50).

por CARAS
Atualizado sexta 16 maio, 2014 (248253) | 17/01/2019 16:03:36

Mais conteúdo sobre:

CARAS Recomenda

  1. A sífilis assusta, mas a infecção tem cura!
  2. Saiba tudo sobre a prevenção da sífilis!
  3. Teste seu conhecimento sobre a sífilis
  4. EXPORT PELO MUNDO: Dicas de verão no Rio de Janeiro

Receba em Casa

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

  1. 1 Thiago Gagliasso alfineta Bruno após foto com funcionária
  2. 2 Juliana Didone faz desabafo sincero sobre maternidade
  3. 3 Graciele Lacerda rebate acusações de plásticas no rosto
  4. 4 Felipe Neto entra em guerra contra o pai de MC Melody
  5. 5 Após 12 temporadas, John Winchester volta a 'Supernatural'
  6. 6 Neymar ataca novamente e troca curtidas com ex de Biel
  7. 7 Ansiosa, Sasha Meneghel revela planos para o carnaval
  8. 8 brother acusado de agredir a ex fala sobre o caso
  9. 9 Irmão de Caio Junqueira fala sobre situação do ator
  10. 10 Homem-Aranha traz os primeiros atores transsexuais da Marvel