Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

John Travolta relembra apoio da cientologia após a morte do filho

Quatro anos após a morte de seu filho Jett, John Travolta fala sobre o apoio que recebeu da cientologia para reestruturar a sua vida

CARAS Digital Publicado em 18/02/2014, às 14h56 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

John Travolta ao lado do filho, Jett - Reuters
John Travolta ao lado do filho, Jett - Reuters

O ator John Travolta sofreu com a morte súbita de seu filho Jett, do casamento com Kelly Preston, em 2009, quando o rapaz teve uma convulsão durante as férias da família nas Bahamas. Agora, quatro anos depois, o artista relembra o apoio que recebeu da cientologia, prática religiosa que segue há alguns anos, para reerguer a sua vida. 

“Serei eternamente grato a cientologia por me apoiar por dois anos, quero dizer, de segunda a domingo. Eles não ficaram um dia longe de mim, trabalhando os diferentes ângulos das técnicas para me afastar da dor e da perda, e para me fazer sentir como se finalmente pudesse viver mais um dia”, declarou o ator em entrevista a BBC.

Travolta ainda declarou que foi muito difícil encontrar novamente o seu caminho no mundo. “Isso foi a pior coisa que aconteceu na minha vida. A verdade é que não sabia se iria continuar. A vida não era mais interessante para mim, por isso demorou muito para eu ficar melhor”, disse.

Jett era autista e teve outras convulsões antes de sua morte.

Travolta também é pai de Ella, de 13 anos, e de Benjamin, de 3.