Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Indicados ao Oscar: saiba o que faziam os atores antes de alcançarem a fama

Bradley Cooper apresentava documentário sobre nudismo no Discovery Channel, Julia Roberts vendia sorvete e Sandra Bullock era garçonete. Saiba mais sobre o passado dos indicados ao Oscar!

CARAS Digital Publicado em 17/01/2014, às 12h30 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Indicados ao Oscar: saiba o que faziam os atores antes da fama - GettyImages
Indicados ao Oscar: saiba o que faziam os atores antes da fama - GettyImages

Ser indicado ao Oscar é um sonho até mesmo para quem não faz parte da indústria do cinema – vai dizer que nunca fingiu ganhar o prêmio debaixo do chuveiro? –, mas muitos atores trabalham pesado até conquistar sua chance na Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. Em 2014, a lista de indicados traz um ex-motorista de limousine, ex-garçonetes e atores que começaram na televisão fazendo comerciais. 

+ Meryl Streep quebra o próprio recorde de indicações ao Oscar

Christian Bale, indicado como Melhor Ator por Trapaça, começou a atuar em um comercial de televisão de uma marca de amaciantes. Na época, ele era apenas uma criança e nem sonhava que ia fazer sucesso em filmes como Batman – O Cavaleiro das Trevas.

Leonardo DiCaprio, que finalmente pode ganhar um Oscar de Melhor Ator por O Lobo de Wall Street, também fazia comerciais de televisão quando era criança. Ele foi garoto-propaganda de uma marca de brinquedos e outra de chicletes, bem antes de se tornar astro mundial com Titanic.

Mais dois astros indicados ao prêmio neste ano começaram em comerciais na televisão: Matthew McConaughey, que concorre com o filme Clube de Compras Dallas, e Amy Adams, indicada por Trapaça. Ele participou de uma campanha de uma marca de cerveja e ela fez uma paródia do filme Grease para uma agência bancária.

Outros atores precisaram se mudar para Nova York ou Los Angeles, onde começaram a tentar uma chance no estrelato. Mas, para isso, tiveram que se virar em outros trabalhos. Sandra Bullock, indicada por Gravidade, foi garçonete e bartender até conseguir um papel na Broadway. Seu primeiro trabalho na televisão foi na série Bionic Showdown: The Six Million Dollar Man and the Bionic Woman, que não fez muito sucesso.

Barkhad Abdi, indicado como Melhor Ator Coadjuvante pelo filme Capitão Phillips, era motorista de limousine até oferecerem um teste para o longa. Jared Leto, também na mesma categoria por Clube de Compras Dallas, começou a se virar como lavador de pratos em uma churrascaria. E Julia Roberts, que concorre como Melhor Atriz Coadjuvante por Álbum de Família, era vendedora de sorvete.

Bradley Cooper e Michael Fassbender, ambos indicados como Melhor Ator Coadjuvante por Trapaça e 12 Anos de Escravidão, respectivamente, tiveram experiências semelhantes no começo da carreira. Os dois precisaram tirar a roupa na frente das câmeras.

Fassbender ficou nu para um comercial da companhia aérea SAS, enquanto Bradley apresentava um programa de televisão no Discovery Channel sobre nudismo – em uma das matérias, ele teve que ficar completamente sem roupa.

Jennifer Lawrence, atualmente uma das mais promissoras atrizes de Hollywood, que venceu o Oscar em 2013 com O Lado Bom da Vida e concorre este ano com Trapaça, já agradeceu em público à MTV pela sua carreira. Ela contou que seu primeiro trabalho profissional foi em uma propaganda da série My Super Sweet Sixteen.