Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Carnaval / Folia

Daniela Fontan, que fez a Gracinha de ‘Amor Eterno Amor’ garante: ‘Sou muito tímida’

Redação Publicado em 15/02/2013, às 21h15 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Daniela Fontan - Renato Wrobel
Daniela Fontan - Renato Wrobel

Ela conquistou o Brasil na pele da toda engraçada Gracinha, em Amor Eterno Amor. Na trama de Elizabeth Jhin, que terminou em 2012, Daniela Fontan disfarçou muito bem uma de suas fortes características. “Sou muito tímida.” Isso mesmo, em conversa com CARAS Online durante o carnaval, em que conferiu os desfiles diretamente do Camarote CARAS, a atriz disse que ‘combate’ a timidez com seus papéis. “É que nem fazer pão ou consertar um sapato. Você sabe que aquilo tem que ser feito. Compor um personagem me protege. Não preciso ser eu em hora nenhuma. Conto a história de outra pessoa com o máximo de sinceridade”, disse ela, que também já atuou em Eterna Magia (2007), Escrito nas Estrelas (2010) e Morde e Assopra (2011), além de ter feito um episódio de Louco por Elas. “Mas Gracinha foi meu maior personagem. Ela tinha o talento para a felicidade. Quando a novela acabou eu pensei ‘como vou aprender a ser feliz sozinha agora sem ela.’ Ela sorria com a alma.”

Pela primeira vez num camarote na Sapucaí, Daniela realizou o sonho do afilhado Theo. “Foi aniversário de 12 anos dele. Ele queria muito passar o aniversário comigo ou vir à Sapucaí. O sonho dele era ver a Mangueira. Realizou os dois”, disse ela, orgulhosa. “Foi a primeira vez que vim assistir a um desfile. Estou encantada. A gente vinha participar dos ensaios técnicos. Os desfiles foram lindos demais. Estou amando”, confessou Daniela, que está prestes a estrear duas peças neste ano.

Solteira, ela diz não ter sorte com amor de carnaval. Será? “Já tive alguns amores de carnaval, mas não dou sorte com eles. Você entra só pra curtir e vira amor por anos. Sempre encontrei pessoas incríveis. Depois que passa o carnaval você gosta pelo motivo certo.”