Você sua demais? Transpiração em excesso pode ser perigoso; saiba mais

Dermatologista revela que suar muito pode ser um dos sintomas de algumas doenças, como hipertireoidismo; confira

Luiza Camargo Publicado sexta 18 março, 2016

Dermatologista revela que suar muito pode ser um dos sintomas de algumas doenças, como hipertireoidismo; confira
suor - Getty Images


O Brasil é uma país tropical e, na maior parte de seu território, o calor predomina. Por isso, é inevitável, mas várias vezes estamos suando. Todavia, o excesso de transpiração não é normal.

"O nível 'normal' varia de pessoa para pessoa. Contudo, o excesso de transpiração em uma pessoa que não transpira muito, em um dia de pouco calor, pode ser considerado anormal, por exemplo", afirma o  dermatologista Murilo Drummond.

Um dos fatores que podem causar esse excesso de calor e suor é a hiperidrose.

"A hiperidrose pode ser apenas característico da pessoa, mas também pode esconder doenças internas, como hipertireoidismo e outras disfunções hormonais ou metabólicas. O seu tratamento geralmente é feito com determinados ansiolíticos, ou pode se fazer necessário, quando ocorre principalmente nas axilas, o uso da toxina botulínica, que considero um método não invasivo e sem sequelas, que melhora cerca de 90% da hiperidrose", declarou o médico.

Mas há outras alternativas mais fáceis e práticas para diminuir a transpiração. Uma delas é usar mais roupas 100% algodão, por exemplo.

" Roupas de algodão “sugam” o suor e permitem que haja um controle saudável da temperatura corporal, evitando obstruir essa eliminação de água e controle dos eletrólitos. A alimentação também ajuda a controlar a transpiração. Em geral, alimentos muito condimentados podem estimular uma maior sudores, por isso, é bom evitá-los", orienta Drummond.

Último acesso: 28 May 2020 - 02:11:02 (272758).