Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Bem-estar e Saúde / DESABAFO!

Billie Eilish desabafa sobre viver com a Síndrome de Tourette

Em entrevista, a cantora Billie Eilish contou a sua experiência de viver com a Síndrome de Tourette desde a infância

CARAS Digital Publicado em 24/05/2022, às 15h49

Billie Eilish desabafa sobre viver com a Síndrome de Tourette - Reprodução/Instagram
Billie Eilish desabafa sobre viver com a Síndrome de Tourette - Reprodução/Instagram

A cantora Billie Eilish (20) participou da quarta temporada do programa My Guest Needs No Introduction With David Letterman, da Netflix, e desabafou sobre como é viver com a síndrome de Tourette.

Diagnosticada desde os 11 anos, a artista relembrou situação desconfortáveis e revelou como se sente hoje em dia.

A síndrome de Tourette é um distúrbio neurológico que faz com que as pessoas emitam sons, palavras e movimentos corporais não intencionais, chamados tiques.

"Se você me filmar por tempo suficiente, verá muitos tiques", disse ela.

Billie comentou que nem sempre as pessoas entendem esses movimentos involuntários. "A maneira mais comum das pessoas reagirem é rirem porque acham que estou tentando ser engraçada", disse ela. "Eles acham que eu vou fazer isso [imitação de tic] como um movimento engraçado. Então eles dizem, 'Ha.' E eu sempre fico incrivelmente ofendida com isso. Ou eles dizem, 'O quê?' E então eu explico, 'Eu tenho Tourette'", contou.

A cantora fez questão de agradecer ao apresentador por questionar sobre a síndrome. "Eu realmente adoro responder perguntas sobre isso porque é muito, muito interessante e estou incrivelmente confusa com isso e não entendo".

Eilish explicou quais são os seus movimentos mais constantes. "Eu nunca tenho tiques porque os principais tiques que eu faço constantemente durante todo o dia são, tipo, eu mexo minha orelha para frente e para trás e, levanto minha sobrancelha, estalo minha mandíbula e flexiono meu braço aqui, flexiono esse braço e flexiono esses músculos", disse ela. "Essas são coisas que você nunca notaria, tipo, se você estivesse apenas conversando comigo. Mas para mim, elas são muito cansativas", desabafou.

A vencedora de sete Grammy's também contou que não tem tiques durante as suas apresentações ou quando está concentrada compondo. "Quando estou me movendo, eu não tenho tique nenhum, sabe? Quando estou montando meu cavalo, não tenho tiques", disse.

Ainda no bate-papo, David Letterman perguntou se Billie já "condenou" os seus sintomas da síndrome de Tourette. "Já sim. Mas agora não. Não é como se eu gostasse, mas eu sinto que é uma parte de mim. Eu fiz amizades com isso. Então agorasou bastante confiante sobre isso", concluiu.