Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Papéis de parede e acessórios podem mudar a decoração de quartos infantis. Saiba como!

Mudar a decoração de um quarto infantil é simples! Basta trocar a disposição dos móveis, apostar em novos objetos de decoração e papéis de parede

Ana Carolina Gabriel Publicado em 17/06/2013, às 15h54 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Peça ajuda do seu filho para escolher a nova cor do quarto! A criança poderá indicar a tonalidade que mais gosta - Shutterstock
Peça ajuda do seu filho para escolher a nova cor do quarto! A criança poderá indicar a tonalidade que mais gosta - Shutterstock

Trocar os móveis de lugar ou simplesmente pintar o quarto são maneiras de renovar completamente o ambiente sem precisar de uma reforma. “É possível usar também os papéis de parede para repaginar o quarto. Podemos optar pelo uso do gesso ou drywall (placa de reboco), que são econômicos, oferecem mais comodidade que outros materiais e a aplicação dá menos trabalho”, sugere Teresa Simões, arquiteta. Independentemente da opção, é preciso escolher cores que promovam o bem-estar e despertem sensação de conforto. “Busque cores alegres, como tons de azul, rosa, laranja e verde”, diz a arquiteta.  Vale lembrar que a opinião da criança também tem importância na escolha, já que ela poderá indicar os tons de que mais gosta. 

Saiba como usar adesivos e papel de parede para renovar ambientes

Beliches de formato inovador são alternativas para decorar quartos pequenos

As prateleiras e armários - necessários para acomodar os brinquedos - também podem ser substituídos para renovar a decoração. Existem peças decoradas, com formas trabalhadas e cores vibrantes. “É importante que as prateleiras tenham nichos que caibam os brinquedos e, principalmente, os materiais para estudos. Evite móveis com quinas que podem machucar seu filho”, sugereTeresa.

Os acessórios, é claro, também contribuem para mudar o "visual" do quarto. A dica, portanto, é: "capriche na seleção". Além de dar a "personalidade" da criança ao ambiente, garantem conforto e podem deixar o quarto mais aconchegante. “Pufes, luminárias e objetos decorativos e funcionais podem ser usadas para alegrar o ambiente”, recomenda a arquiteta.

Pufe na decoração: útil - e lindo! - em pequenos ou grandes ambientes

E por fim, é possível colocar tapetes no cantinho dos brinquedos para dar um toque final à decoração. Escolha tecidos macios e sintéticos para o maior conforto das crianças. Porém, redobre a atenção com a higienização do quarto, afinal, qualquer tipo de tapetes acumula poeira. Para não errar, fique atento nas instruções de conservação e limpeza do fabricante. 

Todo tipo de risco de acidentes deve ser eliminado quando se tem uma criança em casa